Simulado Comentado Vigotsky

Material Para Concurso

Assunto: Simulado Comentado Vigotsky

1.Para Vigotsky, a aprendizagem humana é
a) A compreensão dos conteúdos formais e científicas do currículo.
b) A maturação das capacidades inatas que leva à expressão das características pessoais.
c) A possibilidade do desenvolvimento do ser humano como sujeito de determinada cultura.
d) O efeito do ambiente sobre a pessoa que recebe as informações elaboradas pela humanidade.
e) O desenvolvimento dos esquemas motores e cognitivos a partir da idade pré-escolar.

2. Marque (V), se a assertiva for verdadeira, ou (F), se a assertiva for falsa.
O pensamento de Piaget e o de Vigotsky são considerados complementares no que se refere à multiplicidade do conhecimento, embora cada um apresenta algumas especificidades. Piaget, por exemplo, enfatiza os aspectos estruturais, em especial os relacionados às operações lógico-matemáticas; já Vigotsky privilegia os aspectos culturais, perceptíveis no trato dos conteúdos específicos.
( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

3. Para Vigotsky, a aprendizagem humana é
a) A compreensão dos conteúdos formais e científicas do currículo.
b) A maturação das capacidades inatas que leva à expressão das características pessoais.
c) A possibilidade do desenvolvimento do ser humano como sujeito de determinada cultura.
d) O efeito do ambiente sobre a pessoa que recebe as informações elaboradas pela humanidade.
e) O desenvolvimento dos esquemas motores e cognitivos a partir da idade pré-escolar.

4. Para Vygotsky, no processo da constituição humana, as funções psicológicas superiores são de origem:
a) Sociocultural.
b) Biológica.
c) Comportamental.
d) Transcendental.
e) Existencial.

5. A respeito dos estudos de Vygotsky, é incorreto afirmar que:
a) As formas superiores de comportamento consciente do homem originam-se de sua vida em sociedade, nas relações sociais que mantém com outros seres humanos;
b) A zona de desenvolvimento proximal é caracterizada como a distância entre o nível de desenvolvimento real, que se costuma determinar por meio da ação autônoma e o nível de desenvolvimento potencial, determinado pela ação colaborativa;
c) O homem se constitui como ser humano, principalmente pelas suas características elementares (naturais ou biológicas) que herda de seus antepassados, e não nas relações que estabelece com a história social dos homens;
d) A relação entre o homem e a natureza, entre o homem e o outro, é sempre mediada por produtos culturais humanos como os instrumentos e os signos, que conferem à atividade humana seu caráter produtivo;
e) O sistema de signos mais importante para o homem é a linguagem, que possibilita a comunicação social, o estabelecimento de significados compartilhados por determinado grupo cultural.

6. Lev S. Vygotsky foi um importante pensador, tendo sido um dos primeiros a desenvolver a noção de que o desenvolvimento intelectual das crianças ocorre em função das interações sociais e condições de vida. A respeito da obra e pensamento desse autor, assinale a alternativa correta.
a) O socioconstrutivismo (ou sociointeracionismo) é a corrente pedagógica que se originou do pensamento de Vygotsky e aponta para a idéia de que as crianças são influenciadas pelas interações com o mundo, especialmente com a natureza, sendo por isso considerada uma teoria de base ecológica.
b) O acesso à cultura (e consequentemente à formação) somente ocorre por meio de processos de mediação, que são constituídos por sistemas simbólicos construídos nas relações sociais entre o indivíduo e o(s) grupo(s) em que está inserido.
c) A base biológica, mesmo pouco importante, é o pano de fundo sobre o qual as interações sociais ocorrem, de modo que o desenvolvimento intelectual do sujeito depende de condições biológicas adequadas.
d) A mediação é uma categoria determinante no pensamento de Vygotsky, pois enfatiza que o conhecimento deriva da ação do sujeito sobre a realidade. Como resultado, sempre que o sujeito age, ele interage com as relações sociais e com o outro.
e) Segundo o pensamento de Vygotsky, a aprendizagem das idéias e conceitos do mundo real equivale à forma escolar, de maneira que a escola demonstra adequadamente as desigualdades sociais e econômicas postas na sociedade.

7. O estudo da psicologia, baseado na visão histórica e social dos processos de desenvolvimento infantil, apresentado por Vygotsky, aponta que “o brincar é uma atividade humana criadora, na qual imaginação, fantasia e realidade interagem na produção de novas
possibilidades de interpretação, de expressão e de ação das crianças assim como de novas formas de construir relações sociais com outros sujeitos, crianças e adultos.” (BORBA, Ângela M. Orientações para inclusão da criança de 6 anos.SEE.2007)
Para melhor compreender o que diz Vygotsky no texto acima, pode-se dizer que:
a) A brincadeira é um espaço privilegiado de interação e confronto de diferentes crianças com diferentes pontos de vista.
b) A brincadeira é uma situação organizada, na qual a criança tem que tomar decisões pertinentes a diversas situações que surgem nos contextos criados.
c) A brincadeira permite que a criança reproduza os valores que vivencia diariamente, ajudando-a a socializar-se.
d) A brincadeira oportuniza que a criança, de modo ativo, reinterprete o mundo, produzindo novos saberes e práticas.

8. As ideias de Vygotsky fundamentam uma concepção sobre a prática pedagógica e sobre a atuação do docente. Identifique a veracidade na exposição de suas postulações:
I. O desenvolvimento psicológico das crianças deve ser olhado de maneira prospectiva.
II. O grupo social tem uma atuação significativa na mediação entre a cultura e o indivíduo.
III. As funções psicológicas se originam nas relações do indivíduo com o contexto cultural e social.
IV. Os processos de desenvolvimento despertam os processos de aprendizagem.
Marque a opção que reúne as afirmativas VERDADEIRAS:
a) Apenas as afirmativas II e III.
b) Apenas as afirmativas I, III e IV.
c) Apenas as afirmativas II, III e IV.
d) Apenas as afirmativas I, II e III.

9. Assinale a alternativa incorreta, quanto a Lev Semenovitch Vygotsky.
a) Lev Semenovitch Vygotsky Pensador importante em sua área, foi pioneiro na noção de que o desenvolvimento intelectual das crianças ocorre em função das interações sociais e condições de vida.
b) Para Vygotsky, os signos, a linguagem simbólica desenvolvida pela espécie humana, não têm um papel similar ao dos instrumentos: tanto os instrumentos de trabalho quanto os signos são construções da mente humana, que estabelecem uma relação de mediação entre o homem e a realidade.
c) Por esta similaridade, Vygotsky denominava os signos de instrumentos simbólicos, com especial atenção à linguagem, que para ele configurava-se um sistema simbólico fundamental em todos os grupos humanos e elaborado no curso da evolução da espécie e
história social.
d) A linguagem é uma espécie de cabo de vassoura muito especial, capaz de transformar decisivamente os rumos de nossa atividade. Quando aprendemos a linguagem específica do nosso meio sociocultural, transformamos radicalmente os rumos de nosso próprio
desenvolvimento.
e) Assim, podemos ver como a visão de Vygotsky dá importância à dimensão social, interpessoal, na construção do sujeito psicológico.

10.Vygotsky conceituou o desenvolvimento intelectual de cada pessoa em dois níveis onde a construção do conhecimento se dará coletivamente, portanto, sem ignorar a ação intrapsíquica do sujeito. Identifique a alternativa CORRETA sobre esses dois níveis:
a) Um natural e um sobrenatural;
b) Um político e um social;
c) Um individual e um coletivo;
d) Um real e um potencial;
e) Um social e um coletivo.

Questão 1: Letra C
Vygotsky baseou toda sua obra na linguagem e sua relação com o pensamento. Para ele, a história da sociedade e o desenvolvimento do homem estão totalmente ligados, de forma que não seria possível separá-los. Desde que nascem, as crianças têm constante interação com os adultos, pois estes, naturalmente, procuram passar para as crianças sua maneira de se relacionar e sua cultura. Assim, para Vygotsky, a aprendizagem sempre inclui relações entre
pessoas. Ele defende a ideia de que não há desenvolvimento pronto e previsto dentro de nós que vai se atualizando conforme o tempo passa. O desenvolvimento é pensado como um processo, onde estão presentes a maturação do organismo, o contato com a cultura produzida pela humanidade e as relações sociais que permitem a aprendizagem.

Questão 2: verdade
O estudo do pensamento e da linguagem é uma das áreas da psicologia em que é particularmente importante ter-se uma compreensão clara das relações inter funcionais existentes. Segundo Piaget, o elo que liga todas as características específicas da lógica infantil é o egocentrismo do pensamento das crianças. Ele reporta todas as outras características que descobriu, quais sejam, o realismo intelectual, o sincretismo e a dificuldade de compreender as relações, a este traço nuclear e descreve o egocentrismo como ocupando uma posição intermédia, genética, estrutural e funcionalmente, entre o pensamento autístico e o pensamento orientado.

Questão 3: Letra C
Vygotsky baseou toda sua obra na linguagem e sua relação com o pensamento. Para ele, a história da sociedade e o desenvolvimento do homem estão totalmente ligados, de forma que não seria possível separá-los. Desde que nascem, as crianças têm constante interação com os adultos, pois estes, naturalmente, procuram passar para as crianças sua maneira de se relacionar e sua cultura. Assim, para Vygotsky, a aprendizagem sempre inclui relações entre pessoas. Ele defende a ideia de que não há desenvolvimento pronto e previsto dentro de nós que vai se atualizando conforme o tempo passa. O desenvolvimento é pensado como um processo, onde estão presentes a maturação do organismo, o contato com a cultura produzida pela humanidade e as relações sociais que permitem a aprendizagem.

Questão 4: Letra A
De acordo com Vygotsky, todas as atividades cognitivas básicas do indivíduo ocorrem de acordo com sua história social e acabam se constituindo no produto do desenvolvimento histórico-social de sua comunidade. Portanto, as habilidades cognitivas e as formas de estruturar o pensamento do indivíduo não são determinadas por fatores congênitos.
São, isto sim, resultado das atividades praticadas de acordo com os hábitos sociais da cultura em que o indivíduo se desenvolve. Consequentemente, a história da sociedade na qual a criança se desenvolve e a história pessoal desta criança são fatores cruciais que vão determinar sua forma de pensar.
Neste processo de desenvolvimento cognitivo, a linguagem tem papel crucial na determinação de como a criança vai aprender a pensar, uma vez que formas avançadas de pensamento são transmitidas à criança através de palavras.
Para Vygotsky, um claro entendimento das relações entre pensamento e língua é necessário para que se entenda o processo de desenvolvimento intelectual. Linguagem não é apenas uma expressão do conhecimento adquirido pela criança. Existe uma inter-relação fundamental entre pensamento e linguagem, um proporcionando recursos ao outro. Desta forma a linguagem tem um papel essencial na formação do pensamento e do caráter do indivíduo.

Questão 5: Letra C
Assim como no reino animal, para o ser humano pensamento e linguagem têm origens diferentes. Inicialmente o pensamento não é verbal e a linguagem não é intelectual. Suas trajetórias de desenvolvimento, entretanto, não são paralelas – elas cruzam-se. Em dado momento, a cerca de dois anos de idade, as curvas de desenvolvimento do pensamento e da
linguagem, até então separadas, encontram-se para, a partir daí, dar início a uma nova forma de comportamento.
De acordo com Vygotsky, todas as atividades cognitivas básicas do indivíduo ocorrem de acordo com sua história social e acabam se constituindo no produto do desenvolvimento histórico-social de sua comunidade. Portanto, as habilidades cognitivas e as formas de estruturar o pensamento do indivíduo não são determinadas por fatores congênitos.
São, isto sim, resultado das atividades praticadas de acordo com os hábitos sociais da cultura em que o indivíduo se desenvolve. Consequentemente, a história da sociedade na qual a criança se desenvolve e a história pessoal desta criança são fatores cruciais que vão determinar sua forma de pensar.
Neste processo de desenvolvimento cognitivo, a linguagem tem papel crucial na determinação de como a criança vai aprender a pensar, uma vez que formas avançadas de pensamento são transmitidas à criança através de palavras.
Um dos princípios básicos da teoria de Vygotsky é o conceito de ―zona dedesenvolvimento próximo‖. Zona de desenvolvimento próximo representa a diferença entre a capacidade da criança de resolver problemas por si própria e a capacidade de resolvê-los com ajuda de alguém. Em outras palavras, teríamos uma ―zona de desenvolvimento auto-suficiente‖ que
abrange todas as funções e atividades que a criança consegue desempenhar por seus próprios meios, sem ajuda externa. Zona de desenvolvimento próximo, por sua vez, abrange todas as funções e atividades que a criança ou o aluno consegue desempenhar apenas se houver ajuda de alguém. Esta pessoa que intervém para orientar a criança pode ser tanto um adulto (pais, professor, responsável, instrutor de língua estrangeira) quanto um colega que já tenha desenvolvido a habilidade requerida.

Questão 6: Letra B
Vygotsky deve, em certa medida, ser compreendido em função de sua jovem e breve carreira. Morreu de tuberculose com trinta e sete anos e, diferentemente de Freud e Piaget, nunca teve a oportunidade de revisar e reformular sua teoria. Apesar disso, há uma notável coerência no fundo de sua obra, da qual emerge uma psicologia de amplitude e de brilhantes
intuições temáticas. Estas intuições estavam interconectadas com uma emergente teoria marxista de homem, que era muito mais avançada que as rígidas doutrinas de seus contemporâneos marxistas. Seu interesse radicava no futuro e em como a criança se apropria da bagagem generativa com a qual se pode construir mundos possíveis. Tanto quanto Piaget, foi um construtivista. Mas pensava que se utilizavam os instrumentos a consciência que, para ele, era essencialmente social. Foi, consequentemente, oficialmente condenado pelo marxismo estabelecido da época – os anos trinta.
Para Vigotsky, a mente humana nem cresce naturalmente, por bem alimentada que esteja, nem se encontra livre das travas das limitações históricas. Um conceito fundamental de desenvolvimento do Vigotsky é sua conhecida Zona de Desenvolvimento Proximal, ou ZDP para abreviar. ZDP é a capacidade diferencial da criança para captar e utilizar os sinais e instruções daqueles que são mais eruditos, mais conscientes e mais experientes do que ela, e que, de fato, colaboram com ela, por exemplo, tentando ―ensiná-la‖. Concebe a ZDP quase como o modus experandi (forma de experimentar) da criança para lograr sua capacidade intelectual.
A cultura proporciona os meios para saltar para o futuro, cultura que é criada pela história e transmitida pelos demais. Este é seu veículo transacional fundamental no desenvolvimento, e é, para Vigotsky, o instrumento pelo meio do qual a cultura reproduz a si mesma.
Sua teoria também concede grande importância à função da consciência e da reflexão. Tomemos, como exemplo para ilustrá-lo, sua discussão sobre a aprendizagem da matemática. Digamos que a criança tenha aprendido a realizar operações de aritmética. Com orientação e instruções pode chegar a fazer álgebra. Na opinião de Vigotsky, chega a dominá-la com a prática, o que dá lugar ao desenvolvimento da consciência do que está fazendo e de como o faz – de modo muito semelhante à teoria piagetiana.
Para Vigotsky (e também para Freud em um sentido mais ou menos vago), a linguagem proporciona (em palavras de Dewey) um meio para classificar os pensamentos de cada um sobre o mundo. Mas, era algo mais do que isto na teoria de Vigotsky, pois seu modelo de desenvolvimento era radicalmente mais social. Não partia de uma criança enfrentando o mundo com problema, mas concebia a criança desde o princípio colaborando com outros, enfrentando um mundo que está formado por processos simbólicos.
Tinha o mesmo significado que o conceito Délfico do segundo sistema de sinas que proporcionava a psicologia pós-pavloviana da União Soviética os meios para poder ultrapassar a noção simples do condicionamento como um processo implicado na aprendizagem.

Questão 7: Letra D

Ao brincar, a criança está sempre acima da própria idade, acima de seu comportamento diário, maior do que é na realidade. Na medida em que a criança imita os mais velhos em suas atividades padronizadas culturalmente, ela gera oportunidades para o desenvolvimento intelectual. Inicialmente, seus jogos são lembranças e reproduções de situações reais; porém, através da dinâmica de sua imaginação e do reconhecimento de regras implícitas que dirigem as atividades reproduzidas em seus jogos, a criança adquire um controle elementar do pensamento abstrato. Nesse sentido, o brinquedo dirige o desenvolvimento.

Questão 8: Letra D
Para Vigotsky, a mente humana nem cresce naturalmente, por bem alimentada que esteja, nem se encontra livre das travas das limitações históricas. A linguagem proporciona um meio para classificar os pensamentos de cada um sobre o mundo.
É impossível conceber o dinamismo de Vigotsky sem ter presente a revolução russa. Vigotsky formulou uma teoria genética na qual o homem era ajudado pela sociedade para desenvolver-se plenamente.
Diferentemente de seus rígidos mentores e críticos marxistas, incluiu um ―princípio de espontaneidade‖ na consciência e na reflexão que nos permitira avançar a um nível superior. Os meios para isto eram tanto a linguagem como a forma em que ela nos relaciona, ao mesmo tempo, coma cultura e nos permite transmiti-la. A cultura atua, portanto, como capacitadora. De acordo com Vigotsky, todas as atividades cognitivas básicas do indivíduo ocorrem de acordo com sua história social e acabam se constituindo no produto do desenvolvimento histórico-social de sua comunidade. Portanto, as habilidades cognitivas e as formas de estruturar o pensamento do indivíduo não são determinadas por fatores congênitos. São, isto sim, resultado das atividades praticadas de acordo com os hábitos sociais da cultura em que o indivíduo se desenvolve. Consequentemente, a história da sociedade na qual a criança se desenvolve e a história pessoal desta criança são fatores cruciais que vão determinar sua forma de pensar. Neste processo de desenvolvimento cognitivo, a linguagem tem papel crucial na determinação de como a criança vai aprender a pensar, uma vez que formas avançadas de pensamento são transmitidas à criança através
de palavras. Para Vigotsky, um claro entendimento das relações entre pensamento e língua é necessário para que se entenda o processo de desenvolvimento intelectual. Linguagem não é apenas uma expressão do conhecimento adquirido pela criança. Existe uma inter-relação fundamental entre pensamento e linguagem, um proporcionando recursos ao outro. Desta forma a linguagem tem um papel essencial na formação do pensamento e do caráter do indivíduo.
Questão 9: Letra B
Vygotsky desenvolveu inúmeros conceitos fundamentais para que compreendamos a origem de nossas concepções e a forma como as exprimimos. O trabalho de Vygotsky ajuda a explicar o desenvolvimento cognitivo do ser humano e também serve como base das recentes
tendências na linguística aplicada em direção a metodologias de ensino de línguas estrangeiras menos planificadas e mais naturais e humanas, mais comunicativas e baseadas na experiência prática em ambientes multiculturais de convívio.
Um dos princípios básicos da teoria de Vygotsky é o conceito de zona de desenvolvimento próximo. Zona de desenvolvimento próximo representa a diferença entre a capacidade da criança de resolver problemas por si própria e a diferença entre a capacidade da criança de resolvê-los com ajuda de alguém. Em outras palavras, teríamos uma zona de desenvolvimento autossuficiente que abrange todas as funções e atividades que a criança consegue desempenhar por seus próprios meios, sem ajuda externa.
Questão 10: Letra D
ygotsky conceituou o desenvolvimento intelectual de cada pessoa em dois níveis: um real e um potencial. O real é aquele já adquirido ou formado, que determina o que a criança já é capaz de fazer por si própria porque já tem um conhecimento consolidado. Por exemplo, se domina a adição esse é um nível de desenvolvimento.
O potencial é quando a criança ainda não aprendeu tal assunto, mas está próximo de aprender, e isso se dará principalmente com a ajuda de outras pessoas. Por exemplo, quando ela já sabe somar, está bem próximo de fazer uma multiplicação simples, precisa apenas de um ―empurrão‖.

Material Completo

http://questoesconcursopedagogia.com.br/mais1200questoes/

Sobre Luiz Carlos M.

Experiência profissionais: professor de Ensino Básico, Professor em Institutos, coordenador pedagógico, diretor escolar. Prestou vários concursos municipais, estaduais, federais e seleções de escolas públicas e privadas obtendo boas colocações. Contato WHATSAP (88) 94457345

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *