Simulado Avaliação da Aprendizagem

Preparação para Concursos 2017
Simulado Avaliação da Aprendizagem

SIMULADO

QUESTÃO 1

A avaliação da aprendizagem é uma situação complexa. Para se preparar uma avaliação, é necessário que o professor tenha domínio dos conteúdos, habilidade para contextualizar esses conteúdos, utilize linguagens que tornem a prova clara e precisa, e estabeleça critérios adequados. Benjamin Bloom desenvolveu uma classificação que ficou conhecida como a Taxionomia de Bloom. O autor escolheu como critério a complexidade das operações mentais necessárias para alcançar determinados objetivos no processo de aprendizagem. Os objetivos, na taxionomia de Bloom são dispostos em diferentes níveis, conforme a construção do conhecimento. A ordem crescente de complexidade dos objetivos é:
A) (re)conhecimento, compreensão, aplicação, análise, síntese, julgamento (avaliação);
B) (re)conhecimento, aplicação, compreensão, análise, síntese, julgamento (avaliação);
C) (re)conhecimento, compreensão, análise, síntese, aplicação, julgamento (avaliação);
D) (re)conhecimento, compreensão, aplicação, análise, julgamento (avaliação), síntese;
E) (re)conhecimento, compreensão, aplicação, síntese, julgamento (avaliação), análise.

QUESTÃO 2

Sobre a avaliação da aprendizagem, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas.

( ) Podemos afirmar que prova escrita, portfólio, trabalhos, testes, pesquisas, e

relatórios são exemplos de instrumentos de avaliação.
( ) A avaliação no contexto atual deve priorizar a nota em detrimento da qualidade do processo de aprendizagem.
( ) A avaliação tem diversas funções. Algumas delas são: facilitar o diagnóstico, interpretar os resultados, promover e agrupar os alunos.
( ) A avaliação é uma atividade que informa tanto durante o desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem (avaliação formativa) quanto no final do processo (avaliação somativa).
( ) A avaliação é um ritual a serviço da manutenção da ordem e da disciplina em sala de aula.
Assinale a alternativa correta:
A) V, F, V, F, F;
B) F, F, V, V, V;
C) V, V, F, V, F;
D) V, F, V, V, F;
E) F, F, V, V, F.

QUESTÃO 3

A avaliação da aprendizagem é um processo contínuo, visando a correção das possíveis distorções a realizar encaminhamentos pertinentes para alcançar os objetivos previstos no plano de ensino, o qual deve ser elaborado de forma participativa e com o apoio do pedagogo. Essa avaliação se dá por meio de instrumentos que possuam uma correspondência com a natureza dos objetivos de ensino. Para a aquisição de objetivos cognitivos, a técnica aconselhada é:
A) tempestade cerebral, provas práticas, entrevistas especialmente
B) dramatizações, painel integrado, tempestade de ideias e pesquisa bibliográfica
C) seminários, dramatizações, GVGO e indicadores de aproveitamento
D) trabalhos em grupo, dramatizações, GVGO e prova apenas com consulta
E) prova dissertativa, prova de teste (objetiva), chamada oral, exercícios, trabalhos, solução de casos, conforme a série em que o aluno se encontra

QUESTÃO 4

“As questões e considerações sobre a avaliação da aprendizagem pretendem, justamente, delinear uma investigação que julgo necessária. Uma relação que ainda não percebo em sua total complexidade, mas que se refere essencialmente ao descrédito que se estabelece quanto a uma perspectiva de avaliação mediadora devido à postura conservadora dos educadores” (HOFFMANN, 1991, p. 67).
A partir da abordagem da autora, podemos considerar que a avaliação mediadora diz respeito à concepção de que:

a) o erro é fecundo e positivo, um elemento fundamental à produção de conhecimento pelo ser humano.
b) a opção epistemológica está em corrigir ou refletir sobre a tarefa do aluno; corrigir para ver se ele aprendeu.
c) a correção da produção de conhecimento do aluno o leva à superação da dificuldade, ao enriquecimento do saber.
d) o aluno é considerado um receptor passivo dos conteúdos que o docente sistematiza; suas falhas, seus argumentos incompletos e inconsistentes não são considerados senão algo indesejável e digno de um dado de reprovação.

QUESTÃO 5

Os cursos de ensino profissional de nível técnico pressupõem o desenvolvimento de conteúdos técnicos, realizados em aulas prá- ticas e laboratórios. A avaliação da aprendizagem nesses ambien- tes deve-se dar através da(do):
a) constatação de aptidões manuais para as tarefas da disciplina.
b) observação de habilidades, hábitos de trabalho, atitudes, inte- resses.
c) observação de atitudes sociais e científicas, destreza mental e manual.
d) aproveitamento de competências técnicas trazidas de ambien- tes de trabalho.

QUESTÃO 6

Segundo Moretto (2005) “ … não é acabando com a prova escrita ou oral que melhoraremos o processo de avaliação da aprendizagem, mas ressignificando o instrumento e elaborando-o dentro de uma nova perspectiva pedagógica”. Com base nesse pressuposto, o autor nos indica que a operacionalização de uma aula com sucesso e a consequente eficácia e eficiência de como avaliar se dá quando:

I. o professor atinge os objetivos de ensinar oportunizando aprendizagens significativas de conteúdos relevantes.
II. ao estabelecer seus objetivos e estratégias de ensino, o professor saiba o que deseja ensinar e de que forma fazê-lo.
III. ao determinar que conteúdo desenvolver, o professor leve em conta a capacidade do aluno de estabelecer relação entre o conteúdo ensinado, as necessidades de seu dia a dia e o contato cultural dos alunos.
IV. o conteúdo selecionado leva em conta um critério essencialmente acadêmico, desfocado das representações trazidas pelo aluno e de seu contexto social e político. Estão corretas apenas as afirmativas
a) I, II e III.
b) I, II e IV.
c) II e III.
d) III e IV.

QUESTÃO 7

A definição clara e precisa dos objetivos de ensino é etapa preparatória para a realização do processo da avaliação da aprendizagem. É fundamental que se afirme que o professor ensina para que o aluno aprenda. Ao avaliar, portanto, dentro dessa concepção, deve-se levar em conta que
I. existem conhecimentos que são fundamentais e precisam ser avaliados para orientar o professor no processo de ensino.
II. nem tudo que é proposto, estudado e discutido em aula precisa ser avaliado.
III. quando a avaliação é vista meramente como um evento relaciona-se com o processo de construção de conhecimentos unicamente para medir.
IV. existem assuntos que não se constituem em pilares fundamentais na estrutura conceitual.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
a) I,III e IV.
b) I, II e IV.
c) II.
d) III.

QUESTÃO 8

A avaliação da aprendizagem precisa ser coerente com a forma de ensinar. São princípios que sustentam a concepção de aprendizagem, segundo Moretto (2005):
I. Os indicadores (palavras, gestos, figuras, textos) são interpretados pelo professor e essa interpretação corresponde fielmente ao que o aluno pensa.
II. A aprendizagem é um processo interior ao aluno, ao qual temos acesso por meio de indicadores externos.
III. O conhecimento é um conjunto de relações estabelecidas entre os componentes de um universo simbólico.
IV. O conhecimento construído significativamente é estável e estruturado. Estão corretas apenas as afirmativas
a) I e II apenas.
b) II, III e IV apenas.
c) II e IV apenas.
d) I e III apenas.

QUESTÃO 9

A obra produzida por Libâneo (1985) parte da reflexão sobre um artigo publicado por Saviani em 1981 e apresenta as tendências pedagógicas que têm se firmado nas escolas pela prática dos professores, apontando dois grupos de pedagogias que se aproximam entre si: a pedagogia liberal e a pedagogia progressista. Nesses dois conjuntos de pedagogias, a avaliação da aprendizagem escolar é realizada segundo o que propõe cada pedagogia. Considerando a avaliação numa visão liberal e a avaliação numa visão progressista, assinale a alternativa que se apresenta INCORRETA:

A) Na pedagogia libertadora, fundamentada e representada pelo pensamento e prática pedagógica do educador Paulo Freire, a avaliação da aprendizagem deverá estar
atenta aos modos de superação do autoritarismo e ao estabelecimento da autonomia do educando;
B) Num modelo liberal de sociedade, a prática de avaliação terá de, obrigatoriamente, ser autoritária;
C) Num processo de avaliação com função diagnóstica, baseada numa visão progressista, é necessário o estabelecimento de uma escala de valores que permitirá um comparativo do desempenho dos alunos e o estabelecimento de classificações;
D) Com a função classificatória (visão liberal), a avaliação constitui-se num instrumento estático do processo de crescimento; com a função diagnóstica, ela constitui-se num momento dialético do processo de desenvolvimento da ação pedagógica;
E) Para as pedagogias libertadoras a avaliação tem a finalidade de construção de postura cooperativa entre as pessoas envolvidas no processo educativo, o desenvolvimento da consciência crítica e responsável de todos sobre o cotidiano.

QUESTÃO 10

A avaliação da aprendizagem é uma atividade inerente ao processo educativo e não pode ser praticada isoladamente, sob o risco de perder a sua dimensão pedagógica. Assim, a fim de cumprir a sua dimensão pedagógica, a avaliação apresenta modalidades que estão intimamente relacionadas às suas finalidades. São três as modalidades presentes nos processos de ensino e de aprendizagem: Diagnóstica, Formativa ou Somativa. O critério que distingue, basicamente, uma da outra é o lugar que a avaliação ocupa em relação à ação docente. Analise as afirmativas e assinale V para as VERDADEIRAS e F para as FALSAS.
( ) A Avaliação Formativa é utilizada para uma apresentação final sobre o que o aluno pode obter em um determinado período.
( ) A Avaliação Somativa é utilizada ao longo do processo pedagógico para acompanhamento do desenvolvimento, reorientando a aprendizagem.
( ) A Avaliação Diagnóstica leva a processos de exclusão e classificação no final de cada unidade de ensino em que se organiza o processo educativo.
( ) A Avaliação Formativa auxilia o professor na regulação dos processos de ensino e de aprendizagens, informando o que deve ser feito.
( ) A Avaliação Diagnóstica precede a ação, identificando características do aluno e conhecimentos prévios.
A sequência CORRETA, de cima para baixo, é:
(A) V, F, V, V, F.
(B) F, F, F, V, V.
(C) F, F, V, V, F.
(D) V, V, F, F, F.
(E) F, V, F, V, F.

Esse simulado faz parte do Material Completo que se encontra na página:

https://questoesconcursopedagogia.com.br/mais1200questoes/

GABARITO

1- A
2- D
3- E
4- A
5- A
6- A
7- B
8- B
9- C
10- B

Sobre Luiz Carlos M.

Experiência profissionais: professor de Ensino Básico, Professor em Institutos, coordenador pedagógico, diretor escolar. Prestou vários concursos municipais, estaduais, federais e seleções de escolas públicas e privadas obtendo boas colocações. Contato WHATSAP (88) 94457345

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *