fbpx

MAIS DE 1450 ATIVIDADES

PARA BAIXAR! TODAS EM PDF. CLIQUE AQUI

CURSOS DIVERSOS

DE APERFEIÇOAMENTO

Prepare-se para concurso com o Simulado Educação Transformadora

Se você é um profissional da educação em busca de se preparar para concursos e seleções, este simulado de Educação Transformadora é o recurso ideal para aprimorar seus estudos. Abaixo, apresentamos uma série de questões que abordam temas essenciais no campo pedagógico, inspiradas em diferentes fontes e teorias relevantes. Baixe o PDF, resolva as questões e aprimore seus conhecimentos para alcançar o sucesso em suas aspirações profissionais.

BAIXAR SIMULADO EM PDF – CLIQUE AQUI

Simulado Educação Transformadora

QUESTÃO 1

FGV |

Fonte: Ana Maria Saul e Alexandre Saul, 2017 (adaptado).

Segundo o infográfico acima, é correto afirmar que o saber/fazer docente na obra freireana

a) requer do professor a assunção de uma postura permanente de aprendiz.
b) tem como objetivo a subordinação do professor aos interesses dos alunos.
c) exige a transmissão sistemática de conteúdos do professor para os alunos.

d) descarta o saber do senso comum que os alunos trazem consigo.
e) fundamenta a hierarquia do professor sobre os alunos com base no conhecimento.

QUESTÃO 2

FGV | Com relação à proposição de uma assembleia por um(a) docente de Educação Infantil, levando em conta os princípios teóricos de Paulo Freire e as orientações estabelecidas pelo Currículo da Cidade, analise as afirmativas a seguir.

I. É um espaço de troca, em que alunos e alunas aprendem a expor seus pontos de vista, a ouvir a crítica do outro e a refletir coletivamente.

II. É um momento no qual o professor explica as atividades do dia, seguindo seu planejamento semanal, relembrando regras e combinados da escola.

III. É uma oportunidade para as crianças, juntamente com seu (sua) professor(a), avaliarem as atividades do dia ou algum conflito que tenha surgido na escola ou no próprio grupo.

Está correto o que se afirma em

a) I, apenas.
b) II, apenas.


c) I e II, apenas.
d) I e III, apenas.
e) I, II e III.

QUESTÃO 3

FUNDATEC | Leia a descrição abaixo sobre o processo de construção do conhecimento e assinale a alternativa correta sobre a identidade do autor dessa concepção:
O pedagogo costumava dizer que a educação era fundamental para a transformação da sociedade. Vários dos seus alunos, depois de alfabetizados, passaram a refletir sobre o trabalho, a ler artigos da constituição brasileira e a cobrar direitos que antes não tinham. O autor era um dos maiores críticos daquilo que chamou de educação bancária, que via o professor como o dono do conhecimento, e o aluno como mero recebedor da sabedoria do mestre. Para ensinar, segundo o educador, era preciso conhecer a experiência do aluno e saber de onde ele partia.

Dessa forma, levando em conta os conhecimentos prévios do aluno, o professor era capaz de cativá-lo e apresentar uma série de mudanças práticas no dia a dia.

a) José Pacheco.
b) Paulo Freire.

c) Lev Vygotsky.
d) Henri Wallon.
e) Rubem Alves.

QUESTÃO 4

IBFC | A escola tem como papel, o desenvolvimento integral do educando, além de primar pela qualidade do ensino. Visando essa formação integral, o ambiente escolar deve ser exemplo de ética, valores sociais e morais além de estimular a liberdade e a criatividade dos educandos de forma atenta à realidade que os cercam. A ideia de liberdade de agir e pensar, muitas vezes se confunde, podendo gerar, principalmente, no ambiente escolar, libertinagem e até mesmo violência escolar. A esse respeito, assinale a alternativa correta.

a) Liberdade é o direito de fazer o que se quer de acordo com sua própria consciência
b) Liberdade é agir de forma consciente e ética visando o bem comum na sociedade
c) O castigo é uma opção para acabar com a libertinagem no ambiente escolar
d) A violência escolar ocorre somente a partir dos exemplos vivenciados nas famílias
e) Escolas democráticas e participativas geram muitos conflitos e abrem espaço para libertinagem

QUESTÃO 5

IBFC | O autor Paulo Freire fazia uma severa crítica à educação bancária que tem por referência as teorias tradicionais do currículo, em que o professor vê o aluno como um depósito vazio que será preenchido com conhecimentos vindos exclusivamente deste professor. Em contrapartida, Freire propõe a Educação Libertadora. Assinale a alternativa que discorre sobre a Educação Libertadora de Paulo Freire.

a) É uma forma mecânica e autoritária de pensar sobre como organizar um programa, que implica, acima de tudo, numa tremenda falta de confiança na criatividade dos estudantes e na capacidade dos professores

b) A curiosidade e a autonomia vão-se perdendo na produção do conhecimento, uma vez que o conhecimento é narrado pelo(a) professor(a) como algo acabado, estático

c) Os professores quando “certos-centros” de poder estabelecem o que deve ser feito em classe, sua maneira autoritária nega o exercício da criatividade entre professores e estudantes

d) Os protagonistas do processo são os sujeitos da educação, estudantes e professor(a) que, juntos, dialogam, problematizam e constroem o conhecimento

e) Um docente consciente do seu papel no processo educativo prioriza o ensino dos conteúdos que são úteis para as etapas escolares seguintes

QUESTÃO 6

CEBRASPE (CESPE) | A respeito de aspectos didáticos, pedagógicos e políticos da educação, julgue o próximo item.

Analisar o papel da educação em uma determinada sociedade implica reconhecer a educação como um ato político.

(   ) Certo                    (   ) Errado

QUESTÃO 7

Instituto Consulplan | Em Pedagogia da Conscientização, um legado de Paulo Freire à formação de professores analisa a ação supervisora relacionando- a à educação que “compreende os atos de ensinar e aprender, que caracterizam a natureza da prática educativa, enquanto dimensões do processo maior – o de conhecer”. A ação pedagógica, em qualquer instância, apresenta três dimensões. Estas dimensões fazem-se presentes em todas as práticas educativas, mesmo que inconscientemente. Ao educar, ao ensinar, a prática está baseada em uma ou mais teorias, o trabalho é voltado para a manutenção do sistema ou por sua transformação, e sentimentos estão envolvidos nesta ação, sejam eles positivos ou negativos.

(FREITAS. 2001, P. 71.)

Considerando o exposto, bem como as três dimensões na ação pedagógica, relacione adequadamente as colunas a seguir.

1. Política.
2. Estética.
3. Epistemológica.

(   ) Transcende o saber técnico, as teorias, as posições políticas; ela atinge a subjetividade, envolve o amor, o prazer, a esperança, a tolerância, a humildade, o respeito, o carinho, sem as quais não se concretiza a construção do conhecimento de forma plena. O vínculo afetivo, o comprometimento existente entre os sujeitos que ensinam e aprendem, é o que possibilita a aprendizagem.

(   ) Funda-se no estudo do conhecimento e suas formas, que é uma necessidade ontológica do ser humano, característica que possibilita a busca constante de saberes que remetem à criação e recriação de sua própria identidade. A curiosidade, ao ir além dos limites que lhe são peculiares do domínio vital, se torna fundante da produção do conhecimento, pois, enquanto prática séria e comprometida, precisa se embasar em teorias e concepções.

(   ) Diz respeito ao exercício da opção, inerente à prática educativa, que, não sendo neutra, assume um posicionamento ideológico a serviço do qual coloca as demais dimensões. A prática pedagógica estará a serviço de uma ideia, de uma concepção de sociedade, de valores, de mundo. A escola, a educação e a sociedade desejada dependem de uma conscientização, de um despertar para a possibilidade, da manutenção da esperança, da utopia, sem os quais não realizaremos nossos sonhos de transformação.

A sequência correta em

a) 2, 3, 1.
b) 1, 2, 3.
c) 3, 2, 1.
d) 2, 1, 3.
e) 3, 1, 2.

QUESTÃO 8

FUMARC | Leia os textos a seguir.

Texto 1

Segundo Andrade e Damasceno (2020), para ressignificar novas construções de aprendizagens é fundamental pensar o processo educacional, uma vez que a escola precisa desconstruir práticas reprodutivistas que colaboram para a não formação de sujeitos emancipados e críticos na realidade em que ocupam.

Fonte: ANDRADE, P. F. de; DAMASCENO, A. R. Novas construções sociais de aprendizagens: inclusão em educação para que? Educação em Foco, Juiz de Fora, v. 25, n. 3, p. 211-230, set./ dez. 2020. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/] index.php/edufoco/arti-cle/view/32909/22079. Acesso em: 02 Dez. 2022. (adaptado).

Texto 2

Fonte: Tirinha do Armandinho cedida por Alexandre Beck para publicação no site do Inesc. Disponível em:

Considerando os textos acima e a perspectiva da escola como um espaço de formação de cidadãos pensantes, avalie as afirmações a seguir:

I. Educação é emancipatória quando é capaz de proporcionar aos indivíduos uma reflexão crítica sobre a sociedade em que vivem.

II. Educação é emancipatória quando está marcada por um ensino focado em conteúdos determinados pela sociedade e ordenados na legislação independente da experiência.

III. Educação é emancipatória quando reconhece e valoriza o processo de autonomia, independência e de participação do público estudantil.

IV. Educação é emancipatória quando prevê a padronização de estudantes e suas aprendizagens, estabelecida numa estrutura socioeconômica autoritária.

É CORRETO o que se afirma apenas em:

a) I e III.
b) I e IV.
c) II e III.
d) II e IV.

QUESTÃO 9

FGV | Em Pedagogia da autonomia, Paulo Freire oferece uma série de reflexões críticas acerca das dimensões fundamentais da prática docente. Como sugere o título, o autor entende o ensino-aprendizagem como processo que se orienta pela e para a autonomia dos seus participantes.

Segundo essa perspectiva, cabe ao professor:

a) atuar como técnico, dando configuração definida às mentalidades vagas e indecisas dos alunos;
b) transferir aos alunos os conteúdos necessários para a vida, treinando-os nas habilidades sociais e profissionais;
c) criar as condições para que o aluno produza seu conhecimento, qualificando criticamente seu pensar;
d) transmitir aos alunos a sua posição subjetiva de mestre, transformando-os de objetos passivos em sujeitos ativos;
e) permitir que os alunos se expressem livremente, impedindo a interferência em seus modos de pensar.

QUESTÃO 10

FGV | O Referencial Curricular Municipal de Jaboatão dos Guararapes (RCMJG) adota uma concepção acerca da função do professor que está baseada no pensamento de Paulo Freire.

Segundo esta concepção, o professor é

a) um preparador dos alunos para a adequação social.
b) o detentor dos conhecimentos que serão transferidos.
c) um recreador dedicado a propor jogos e brincadeiras.
d) o responsável por exercer autoridade em sala de aula.
e) um sujeito que aprende no momento em que ensina.

GABARITO:

1) A – 2) D – 3) B – 4) B – 5) D
6) Certo – 7) A – 8) A – 9) C – 10) E

Assuntos Abordados no Simulado:

1. Saber/fazer docente na obra freireana:

Na abordagem freireana, o saber/fazer docente refere-se à postura do professor como um eterno aprendiz. Paulo Freire destaca a importância de os educadores estarem abertos à aprendizagem contínua, reconhecendo que o conhecimento é construído em conjunto com os alunos, em um processo dialógico e participativo.

2. Princípios teóricos de Paulo Freire:

Os princípios teóricos de Paulo Freire fundamentam-se na ideia de uma educação libertadora, centrada na conscientização e na transformação social. Sua abordagem pedagógica destaca a importância do diálogo, da problematização dos temas e da contextualização do conteúdo, visando à formação de indivíduos críticos e participativos na sociedade.

3. Processo de construção do conhecimento:

A concepção do processo de construção do conhecimento destaca-se pela valorização da experiência do aluno. O professor, ao compreender o contexto e os conhecimentos prévios dos estudantes, cria condições para a aprendizagem significativa, promovendo a interação, a reflexão e a aplicação prática do conhecimento.

4. Papel da escola no desenvolvimento integral do educando:

A escola, segundo essa perspectiva, vai além do ensino de conteúdos acadêmicos. Ela é responsável pelo desenvolvimento integral do educando, incluindo aspectos éticos, sociais e morais. O ambiente escolar deve ser um exemplo de ética, valores e liberdade, estimulando a criatividade e a consciência crítica dos alunos.

5. Educação Libertadora de Paulo Freire:

A Educação Libertadora proposta por Paulo Freire é uma abordagem que busca libertar os indivíduos da opressão, promovendo a consciência crítica e a participação ativa na construção do conhecimento. Nessa perspectiva, a educação é um ato político e emancipatório, indo além da mera transmissão de conteúdos.

6. Educação como ato político:

Reconhecer a educação como um ato político implica entender que ela tem o poder de transformar a sociedade. As práticas educativas estão intrinsecamente ligadas a escolhas ideológicas e ações que impactam as relações de poder na comunidade, sendo fundamental uma abordagem consciente e engajada.

7. Dimensões na ação pedagógica:

A ação pedagógica apresenta três dimensões: política, estética e epistemológica. A dimensão política está relacionada à opção ideológica e à conscientização; a estética envolve o vínculo afetivo e o comprometimento na construção do conhecimento; a dimensão epistemológica refere-se ao estudo do conhecimento e sua relação com a identidade do ser humano.

8. Ressignificação das construções de aprendizagens:

A ressignificação das construções de aprendizagens busca romper com práticas reprodutivistas, permitindo uma educação que forme sujeitos emancipados e críticos. Propõe-se repensar o processo educacional, considerando a desconstrução de práticas que não contribuam para o desenvolvimento pleno dos indivíduos.

9. Perspectiva da escola como espaço de formação de cidadãos pensantes:

Esta perspectiva destaca a importância da escola como um ambiente propício à formação de cidadãos críticos e reflexivos. Valoriza a autonomia, a independência e a participação dos estudantes, visando prepará-los não apenas para o conhecimento acadêmico, mas também para a compreensão ativa do mundo ao seu redor.

10. Pedagogia da autonomia e a função do professor:

A Pedagogia da Autonomia, conforme Paulo Freire, propõe que o papel do professor seja criar condições para que os alunos construam seu próprio conhecimento. O educador atua como mediador, estimulando a autonomia, a reflexão crítica e a capacidade de pensar e agir independentemente.

Preparação Para Concursos: COMECE HOJE!

Milhares de Questões de Conhecimentos Pedagógicos

No site /questoesconcursopedagogia.com.br, você encontrará um valioso acervo de mais de 1200 questões de conhecimentos pedagógicos, elaboradas para auxiliar na sua preparação para concursos na área da educação. As perguntas abrangem diversos temas relevantes, proporcionando uma revisão abrangente e eficaz.

Se você busca uma preparação mais aprofundada e uma vasta gama de questões, recomendo conferir o material completo com MILHARES DE QUESTÕES DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS disponível em go.hotmart.com. Este recurso abrangente é uma ferramenta valiosa para consolidar seus conhecimentos e maximizar suas chances de sucesso nos concursos e seleções na área educacional. Acesse agora e potencialize sua preparação!

Outros Materiais Para Concursos e Seleções

Em busca de mais materiais de estudo? Acesse professorpreparado.com.br” e encontre recursos valiosos para diversas áreas. Confira nossos principais materiais:

  1. Conhecimentos Pedagógicos – Preparatório
  2. Educação Física – Concursos e Seleções
  3. História – Concursos e Seleções
  4. Geografia – Concursos e Seleções
  5. Artes – Concursos e Seleções
  6. Língua Portuguesa – Concursos e Seleções
  7. Filosofia – Concursos e Seleções
  8. Pacote de Atividades

Amplie suas opções de estudo e aprimore seus conhecimentos para conquistar o sucesso nos concursos e seleções. Acesse agora e potencialize sua preparação!

Cursos Para Provas de Títulos

Não deixe para a última hora a realização de cursos que podem ser essenciais para somar pontos em provas de títulos nos concursos da área educacional. Muitos editais exigem a comprovação de cursos já realizados, e alguns até estabelecem que esses cursos devem ser concluídos antes mesmo da publicação do edital. Portanto, antecipe-se e invista na sua qualificação.

Em nosso site, oferecemos cursos em educação que são ideais para enriquecer seu currículo. Todos os cursos possuem certificados válidos em todo o Brasil. Confira algumas sugestões:

  1. Metodologias Ativas da Aprendizagem – 140 Horas
  2. Curso Educação Inclusiva – 100 Horas
  3. Tecnologias Digitais Na Educação – 180 Horas
  4. Práticas em sala de aula na Educação Infantil – 120 Horas
  5. Curso Alfabetização e Letramento na Educação Infantil – 100 Horas

Aproveite a oportunidade para enriquecer seu conhecimento e destacar-se nos processos seletivos. Invista no seu futuro profissional e aprimore suas competências educacionais!

Canal no YouTube

Não deixe de acessar nosso canal no YouTube, repleto de vídeos de simulados de conhecimentos pedagógicos para potencializar seus estudos! Inscreva-se agora e fique por dentro de conteúdos exclusivos: ACESSAR CANAL

 

INSCRIÇÕES
Posts recentes