fbpx

MAIS DE 1450 ATIVIDADES

PARA BAIXAR! TODAS EM PDF. CLIQUE AQUI

CURSOS DIVERSOS

DE APERFEIÇOAMENTO

Psicologia Genética de Piaget em Concursos de Pedagogia (2023)

A Psicologia Genética é um ramo da psicologia que estuda o desenvolvimento cognitivo e moral das crianças. Essa abordagem foi elaborada pelo psicólogo suíço Jean Piaget, que acreditava que o conhecimento é construído ativamente pelo indivíduo a partir da interação com o ambiente.

Piaget dividiu o desenvolvimento cognitivo em quatro estágios: sensoriomotor, pré-operacional, operações concretas e operações formais. Cada estágio é caracterizado por diferentes habilidades e formas de pensamento.

No estágio sensoriomotor, que ocorre desde o nascimento até aproximadamente os dois anos de idade, a criança explora o mundo principalmente através dos sentidos e do movimento. Ela vai desenvolvendo a noção de permanência do objeto, ou seja, a percepção de que um objeto continua existindo mesmo quando não está visível.

No estágio pré-operacional, que vai dos dois aos sete anos de idade, a criança começa a desenvolver a capacidade de simbolizar objetos e eventos através de palavras e imagens mentais. No entanto, ela ainda não consegue entender a perspectiva de outras pessoas e apresenta pensamento egocêntrico.

No estágio das operações concretas, que ocorre dos sete aos onze anos de idade, a criança adquire habilidades de conservação, seriação e decentração. Ela é capaz de entender que as quantidades de um objeto permanecem as mesmas mesmo que sua forma seja alterada, além de ser capaz de ordenar objetos em uma série lógica e considerar diferentes perspectivas.

Por fim, no estágio das operações formais, que começa por volta dos doze anos, a criança desenvolve o pensamento abstrato e a capacidade de raciocínio hipotético-dedutivo. Ela é capaz de pensar em possibilidades e testar hipóteses, além de compreender conceitos mais complexos.

Além desses estágios, Jean Piaget também propôs conceitos importantes para a compreensão do desenvolvimento cognitivo, como assimilação, acomodação e equilibração. A assimilação ocorre quando a criança incorpora novas informações em seus esquemas mentais existentes, enquanto a acomodação acontece quando ela precisa modificar seus esquemas mentais para acomodar novos conhecimentos. A equilibração é o processo de busca por um equilíbrio entre a assimilação e a acomodação.

O construtivismo é a teoria que está por trás do enfoque de Piaget. Essa abordagem teórica defende que o conhecimento é construído ativamente pelo indivíduo e não é simplesmente transmitido de forma passiva. Segundo o construtivismo, a aprendizagem é um processo ativo, no qual a criança é a protagonista de seu próprio desenvolvimento.

No campo da educação, a Psicologia Genética de Piaget tem grande relevância, pois oferece subsídios para a compreensão do processo de aprendizagem e das necessidades cognitivas das crianças. Um dos aspectos mais importantes é o papel da interação social e da colaboração no desenvolvimento individual. Através da interação com os outros, a criança é capaz de construir conhecimento de forma mais significativa e ampliar suas habilidades cognitivas.

Além disso, a Psicologia Genética também tem influência no campo do desenvolvimento moral e social. Piaget propôs uma sequência de estágios de desenvolvimento moral, nos quais as crianças vão adquirindo gradualmente a capacidade de pensar de forma mais autônoma e ética. Para ele, o desenvolvimento moral está intrinsecamente ligado ao desenvolvimento cognitivo.

É importante ressaltar que a Psicologia Genética não se limita ao estudo do desenvolvimento infantil. Ela pode ser aplicada a diversos contextos, como o estudo do desenvolvimento humano em diferentes fases da vida e o entendimento dos processos cognitivos em pessoas com deficiência intelectual.

Em provas de concursos de pedagogia, é comum encontrar questões relacionadas à Psicologia Genética. Os examinadores têm interesse em avaliar o conhecimento dos candidatos acerca dos principais conceitos, estágios do desenvolvimento cognitivo, mecanismos de assimilação e acomodação, além da relação entre a teoria de Piaget e a prática pedagógica.

Preparação para Provas de Concursos e Seleções

Quando se trata de se preparar para provas de concursos e seleções na área da educação, uma técnica muito eficaz é a resolução de simulados. Essa estratégia permite que o candidato se familiarize com o formato das questões, teste seus conhecimentos e identifique suas principais dificuldades.

Responder simulados é uma ótima forma de praticar os conteúdos exigidos nos concursos, além de ajudar a criar um ritmo de estudo e melhorar a velocidade de resolução das questões. É importante escolher simulados que abordem os principais pontos da Psicologia Genética e que sejam semelhantes aos exames que serão realizados.

Além disso, a resolução de simulados também auxilia na identificação das áreas em que o candidato precisa se dedicar mais, permitindo um direcionamento mais eficiente dos estudos. Ao analisar o desempenho nos simulados, é possível perceber quais são as questões mais frequentes, as temáticas mais recorrentes e as lacunas de conhecimento que precisam ser preenchidas.

Para uma preparação completa, é interessante contar com materiais de qualidade que ofereçam uma diversidade de questões e abordem os principais temas da Psicologia Genética. Uma sugestão é o material “Milhares de Questões de Conhecimentos Pedagógicos”, que pode ser acessado através do link MILHARES DE QUESTÕES DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS. Esse material conta com uma ampla seleção de questões para praticar e aprofundar o conhecimento nessa área específica.

Estratégias de Estudo

Durante o processo de estudo sobre Psicologia Genética, é normal sentir estresse e ansiedade em relação ao desempenho nas provas de concursos. Para lidar com essas emoções e manter o foco nos estudos, algumas estratégias podem ser úteis:

1. Organize um plano de estudo: Defina um cronograma com horários específicos para dedicar-se ao estudo da Psicologia Genética. Distribua as atividades de forma equilibrada ao longo da semana, reservando momentos para revisão e resolução de questões.

2. Estabeleça metas realistas: Estabeleça metas diárias ou semanais de estudo. Divida o conteúdo em tópicos e defina quantos tópicos você pretende estudar em cada sessão. Lembre-se de ser realista e estabelecer metas alcançáveis, levando em consideração seu tempo disponível e suas necessidades individuais.

3. Utilize técnicas de gerenciamento do tempo: Conheça suas preferências e identifique o período do dia em que você se sente mais produtivo e concentrado. Reserve esse período para as atividades mais desafiadoras e, se possível, evite distrações, como redes sociais e notificações de mensagens.

4. Faça pausas regulares: O cérebro precisa de pequenos momentos de descanso para absorver as informações. A cada 50 ou 60 minutos de estudo, faça uma pausa de 10 minutos para relaxar, alongar-se ou realizar alguma atividade que lhe traga prazer.

5. Cuide da sua saúde física e mental: Uma alimentação equilibrada, sono adequado e prática de exercícios físicos são fundamentais para o bom desempenho nos estudos. Além disso, reserve momentos para relaxamento, meditação ou qualquer atividade que lhe proporcione bem-estar.

Cada pessoa possui suas próprias estratégias de estudo que funcionam melhor para si, portanto, é importante experimentar diferentes abordagens e adaptá-las às suas necessidades.

Plano de Estudo para Psicologia Genética

Dica 1: Uma dica importante para um plano de estudo eficiente é começar pelos conceitos básicos da Psicologia Genética. Para isso, revise os principais termos, definições e teorias propostas por Jean Piaget, como os estágios do desenvolvimento cognitivo, os mecanismos de assimilação e acomodação, e o papel da interação social no desenvolvimento.

Dica 2: Ao estudar cada estágio do desenvolvimento cognitivo proposto por Piaget, reserve tempo para compreender as características específicas de cada fase e suas implicações na aprendizagem e desenvolvimento da criança. Faça anotações, esquemas e mapas mentais para auxiliar na assimilação e organização das informações.

Dica 3: Para uma compreensão mais aprofundada da Psicologia Genética, leia obras de Piaget e de outros autores que discutem as contribuições e críticas a essa abordagem. Assim, você poderá construir uma visão mais ampla e crítica sobre o tema.

Dica 4: Resolva questões de provas anteriores de concursos de pedagogia que abordam a Psicologia Genética. Isso ajudará a identificar os tipos de perguntas e os principais pontos que costumam ser cobrados, além de proporcionar uma maior familiaridade com o formato das questões.

Dica 5: Reforce seus estudos com materiais complementares, como livros, artigos e vídeos que abordem a Psicologia Genética e suas aplicações na prática pedagógica. Isso permitirá uma visão mais completa e atualizada do tema.

Outros Materiais para Concursos e Seleções

Além do material Milhares de Questões de Conhecimentos Pedagógicos, temos diversos outros materiais de estudo de diferentes áreas. Confira a lista abaixo:

Conhecimentos Pedagógicos – Preparatório
Educação Física – Concursos e Seleções
História – Concursos e Seleções
Geografia – Concursos e Seleções
Artes – Concursos e Seleções


Língua Portuguesa – Concursos e Seleções
Filosofia – Concursos e Seleções
Pacote de Atividades

Esses materiais abrangem uma variedade de áreas do conhecimento, permitindo uma preparação completa para os concursos e seleções.

Cursos Gratuitos para Provas de Títulos

Na maioria dos editais, é exigido que os candidatos comprovem a realização de cursos para concorrer às provas de títulos. É importante não deixar essa etapa para última hora, pois alguns editais exigem que os cursos sejam realizados antes da publicação do edital.

Para atender a essa demanda, oferecemos cursos em educação que são válidos como provas de títulos. Todos os cursos possuem certificados válidos em todo o Brasil. Acesse a página Super Preparado Cursos e confira os cursos disponíveis.

Algumas sugestões de cursos são:

Metodologias Ativas da Aprendizagem – 140 horas
Curso Educação Inclusiva – 100 horas
Tecnologias Digitais Na Educação – 180 horas
Práticas em Sala de Aula na Educação Infantil – 120 horas
Curso Alfabetização e Letramento na Educação

Canal no YouTube

Também temos um canal no YouTube com diversos vídeos de simulados de conhecimentos pedagógicos. Assine nosso canal para ter acesso a conteúdos exclusivos e se preparar ainda mais para o concurso. Acesse o canal em youtube.com/@questoesconcursopedagogia.

Últimas Postagens

Na página inicial do nosso blog QUESTÕES CONCURSO PEDAGOGIA, você encontrará as últimas postagens e outros conteúdos que ajudarão na preparação para concursos e seleções de professores. Acesse questoesconcursopedagogia.com.br e confira!

Por fim, não deixe de aproveitar todo o conteúdo disponível e se dedicar aos estudos. Com uma boa preparação e o uso adequado dos materiais, você estará mais preparado para enfrentar os concursos e seleções na área da educação. Boa sorte!

 

INSCRIÇÕES
Posts recentes