Questões Concurso Pedagogia: Alfabetização, Aprendizagem, PCNs, Currículo, .

Estude para concursos resolvendo questões. Este simulado é de conhecimento pedagógicos com questões para lhe deixar afiado. Contém 10 questões sobre Alfabetização, Aprendizagem, PCNs, Currículo e outros assuntos

BAIXAR SIMULADO EM PDF!

Materiais para concursos de diversas áreas como Educação Física, Matemática e outros – CLIQUE AQUI

Cursos Online Gratuitos (COM CERTIFICADO) – CLIQUE AQUI

Materiais de Matemática para Sala de Aula – CLIQUE AQUI

1. A alfabetização consiste no aprendizado do alfabeto e de sua utilização como código de comunicação. De um modo mais abrangente, a alfabetização é definida como um processo no qual o indivíduo constrói a gramática e suas variações,
sendo chamada de alfabetismo a capacidade de ler, compreender e escrever textos e a de operar
números. Esse processo não se resume apenas na
aquisição das habilidades mecânicas (codificação e decodificação) do ato de ler, mas na capacidade de interpretar, compreender, criticar, ressignificar e
produzir conhecimento. Sobre as práticas de ensino e aprendizagem para alfabetização, assinale a alternativa INCORRETA:
a) A prática de ensino e aprendizagem para a alfabetização é entendida como uma prática social
complexa que acontece em diferentes espaços/tempos da escola, no cotidiano de professores e alunos nela envolvidos e, de modo
especial, na sala de aula, mediada pela interação
professor-aluno-conhecimento;
b) A nova concepção do ensino da língua escrita
trouxe contribuições para a prática pedagógica dentro da alfabetização. O foco da alfabetização é o processo pelo qual a criança aprende, não mais o professor como transmissor de conhecimento. Essas contribuições para a educação passaram a exigir dos profissionais de educação uma busca de maiores competências para ensinar, o que ocasionou numa mudança no pensamento mecanicista;
c) É papel do professor alfabetizar a criança dentro
de um contexto, através de práticas de letramento. É durante este processo que o alfabetizador deve
despertar no educando o gosto pela leitura;
d) Pedir que os alunos copiem textos é uma das práticas mais eficientes de alfabetização, pois esse
exercício mecânico, com certeza, ajuda o aluno a
memorizar a escrita das palavras;
e) É natural que existam diferentes níveis de aprendizagem em uma classe de alfabetização, pois a aprendizagem da escrita é um processo que se dá em diferentes níveis para cada indivíduo. Todas as práticas do alfabetizador, nessas circunstâncias, devem estar voltadas para os conhecimentos prévios do aprendiz, ao seu contexto de letramento.

2.Aprendizagem é o processo pelo qual as
______________, _____________ e _____________ são adquiridos ou modificados,
como resultado de estudo, experiência, formação, raciocínio e observação. Este processo pode ser analisado a partir de diferentes perspectivas, de forma que há diferentes teorias de aprendizagem.
Assinale a alternativa correta que preencha a lacuna apresentada pelo texto:
a) Disciplinas, valores e conteúdos.
b) Matérias, expectativas e frustrações.
c) Virtudes, defeitos e conhecimentos.
d) Competências, habilidades e conhecimentos.
e) Defeitos, virtudes e conteúdos.

3.Sobre o tema aprendizagem, assinale a alternativa INCORRETA:
a) Aprendizagem é um processo de mudança de comportamento obtido através da experiência construída por fatores emocionais, neurológicos,
relacionais e ambientais.
b) Aprender é o resultado da interação entre estruturas mentais e o meio ambiente.
c) De acordo com a nova ênfase educacional, centrada na aprendizagem, o professor é coautor do processo de aprendizagem dos alunos.
d) O professor deve exercer a sua habilidade de protagonista das construções da aprendizagem.
e) Os objetivos da aprendizagem são classificados
em: domínio cognitivo (ligados a conhecimentos, informações ou capacidades intelectuais); domínio
afetivo, (relacionados a sentimentos, emoções, gostos ou atitudes); domínio psicomotor (que ressaltam o uso e a coordenação dos músculos).

4.Os Parâmetros Curriculares Nacionais, mais
conhecidos como PCNs, é uma coleção de documentos que compõem a grade curricular de uma instituição educativa. Esse material foi elaborado a fim de servir como ponto de partida para o trabalho docente, norteando as atividades realizadas na sala de aula. Assinale a alternativa INCORRETA sobre os PCNs:
a) Cada instituição deve montar o seu Projeto Político Pedagógico, sua proposta pedagógica, seguindo à risca os parâmetros apresentados no documentos e ignorando a realidade social da localidade onde a escola está inserida.
b) O documento é uma orientação quanto ao cotidiano escolar, os principais conteúdos que devem ser trabalhados, a fim de dar subsídios aos
educadores, para que suas práticas pedagógicas
sejam da melhor qualidade.
c) Em sua abordagem, os parâmetros curriculares
nacionais definem que os currículos e conteúdos não podem ser trabalhados apenas como transmissão de conhecimentos, mas que as práticas docentes devem encaminhar os alunos rumo à aprendizagem.
d) Os PCN estão divididos a fim de facilitar o trabalho da instituição, principalmente na elaboração do seu Projeto Político Pedagógico. São seis volumes que apresentam as áreas do conhecimento, como: língua portuguesa, matemática, ciências naturais, história, geografia, arte e educação física.
e) Além dos seis volumes, há outros três que trazem elementos de composição dos temas transversais. O primeiro deles explica e justifica o porquê de se trabalhar com temas transversais, além de trazer uma abordagem sobre ética. No segundo volume os assuntos abordados tratam de pluralidade cultural e orientação sexual; e o terceiro volume aborda meio ambiente e saúde.

5.Também chamado de proposta pedagógica, é um instrumento de caráter geral, que apresenta as
finalidades, concepções e diretrizes do funcionamento da escola, a partir das quais se
originam todas as outras ações escolares. O texto acima trata:
a) Das escolhas didáticas do professor.
b) Do projeto pedagógico da escola.
c) Do plano de ensino da escola.
d) Do plano de trabalho docente.
e) Do plano de carreira para o professor.

6.Atualmente existe uma preocupação, no ambiente escolar, em construir uma convivência que respeite a diversidade cultural e a pluralidade. Respeitar a pluralidade e a diversidade cultural significa que estamos convivendo com:
a) Grupos específicos de pessoas que compartilham das mesmas ideias, do mesmo modo de se vestir e similar condição econômica.
b) Pessoas que compartilham de uma mesma
ideologia política.
c) As diferenças culturais dos seres humanos que
podem ser de vários tipos, como a linguagem, danças, vestuário, religião, a convivência de ideias,
entre outras.
d) A compreensão da ideia de que existem grupos
culturais mais relevantes, considerados eruditos, e
outros, menos relevantes, considerados populares.
e) Pessoas intelectualmente selecionadas que poderão contribuir com o nosso desenvolvimento.

7.Uma relação extremamente importante para qualquer estudante, independentemente da sua idade ou do seu grau de formação, é aquela que se estabelece com o educador. Quando os professores e os alunos mantêm um bom relacionamento em sala de aula, o aprendizado se torna mais eficiente e passa a existir um maior engajamento de ambas as partes. Sobre a relação professor-aluno, assinale a alternativa INCORRETA:
a) Uma sala de aula sempre reúne vários tipos de
personalidade, incluindo aí até mesmo a do professor. Nesse contexto, é importante que o professor aja como um verdadeiro gestor de conflitos, a fim de estabelecer, da melhor forma possível, um equilíbrio entre todas essas personalidades.
b) É preciso estabelecer uma relação de confiança
entre alunos e professores. Quando existe esse sentimento em sala de aula, os alunos têm mais disposição para aprender e os professores se sentem mais motivados para aprimorar seu processo didático.
c) É preciso valorizar uma relação de transparência
ao estabelecer critérios avaliativos. Assim, seus alunos saberão exatamente o que esperar em relação às notas, aos esforços de estudo e ao desempenho geral.
d) Não importa qual é o perfil do aluno ou a personalidade do professor. O importante é estabelecer limites por meio de uma imposição que é garantia da verdadeira hierarquia existente dentro de sala de aula.
e) Somente por uma relação de transparência é possível que o professor consiga estabelecer estratégias pedagógicas que coloquem o aluno no
centro do processo de aprendizagem, tornando-a
significativa.

8. Dito de forma resumida, o currículo é a organização do conhecimento escolar. Essa organização do currículo se tornou necessária porque, com o surgimento da escolarização em massa, precisou-se de uma padronização do conhecimento a ser ensinado, ou seja, que as exigências do conteúdo fossem as mesmas. No entanto, o currículo não diz respeito apenas a uma
relação de conteúdos, mas envolve também:
a) A neutralidade do currículo diante da realidade
escolar.
b) O caráter estático do currículo, que depois de pronto, não deve ser alterado sob nenhuma circunstância.
c) A fragmentação e hierarquização do currículo, pois cada disciplina deve ser ensinada separadamente e aquelas que são consideradas de maior importância devem ser valorizadas em detrimento de outras, recebendo mais tempo para serem explanadas no contexto escolar.
d) A organização do currículo, que deve inviabilizar a interdisciplinaridade, anular a contextualização e
evitar a transdisciplinaridade, pois a livre comunicação entre todas as áreas pode confundir e dificultar o aprendizado do aluno.
e) questões de poder, tanto nas relações professor/aluno e administrador/professor, quanto
em todas as relações que permeiam o cotidiano da
escola e fora dela, ou seja, envolve relações de
classes sociais (classe dominante/classe dominada)
e questões raciais, étnicas e de gênero, não se
restringindo a uma questão de conteúdos.

9.Nos dias atuais faz-se necessário destacar a
importância que há na reflexão entre currículo e
didática, uma vez que não há como dissociar ambas principalmente quando se refere às práticas
pedagógicas em meio à era da contemporaneidade.
É necessário compreender que a aula é o objeto de estudo da didática e é preciso ensinar apenas o que é importante. Ainda entender que a aula não começa na sala, mas no momento que se reflete sobre o seu planejamento e organização. Em uma reflexão sobre a prática docente em relação à didática e ao currículo escolar, assinale a alternativa INCORRETA:
a) Cabe ao docente selecionar os conteúdos que
verdadeiramente servirão à vida do aluno não apenas para conhecimento escolar, mas para prepará-lo para o meio social e sua formação humana.
b) A tríade ação – reflexão – ação possibilita o docente a produzir uma práxis dentro e fora da escola, possibilitando um diálogo entre a teoria e a
prática.
c) A didática estuda todo o processo em como ocorra o ensino e todas as suas nuances em relação a seus objetivos, conteúdos, métodos e ainda a forma de organização da aula e como elas conversam entre si criando caminhos de aprendizagem a fim de garantir uma aprendizagem significativa.
d) Ensinar é um exercício de paciência e vocação,
pois o aluno apenas aprende quando o professor
segue à risca um currículo que deve ser estático e
neutro, a fim de impossibilitar que os problemas extra escolares interfiram nos conteúdos e no bom
prosseguimento das aulas.
e) A sociedade que constrói o currículo. O meio
social estabelece tudo aquilo que é importante no
momento e que deve ser explorado na escola e fazer parte do conhecimento e aprendizado do aluno. Assim, todos possuem sua parcela de contribuição da formação do currículo no qual se produz, transmite e assimila informações.

10. A avaliação da aprendizagem escolar se faz
presente na vida de todos nós que, de alguma forma, estamos comprometidos com atos e práticas educativas. Pais, educadores, educandos, gestores das atividades educativas públicas e particulares, administradores da educação, todos, estamos comprometidos com esse fenômeno que cada vez mais ocupa espaço em nossas preocupações educativas. Sobre o processo de avaliação da aprendizagem, assinale a alternativa INCORRETA:
a) O ato de avaliar, devido a estar a serviço da obtenção do melhor resultado possível, implica a disposição de acolher, pois não é possível avaliar um objeto, uma pessoa ou uma ação, caso ela seja
recusada ou excluída, desde o início, ou mesmo
julgada previamente.
b) O ato de avaliar é um ato impositivo, rigidamente técnico, pois o professor tem muitos anos a mais de estudo que o aluno, sendo a pessoa apta a julgar se o estudante alcançou ou não determinado objetivo assentado na grade curricular.
c) O ato de avaliar implica dois processos articulados e indissociáveis: diagnosticar e decidir. Não é possível uma decisão sem um diagnóstico, e um diagnóstico, sem uma decisão é um processo
abortado.
d) Avaliar é um ato pelo qual, através de uma disposição acolhedora, qualificamos alguma coisa
(um objeto, ação ou pessoa), tendo em vista, de alguma forma, tomar uma decisão sobre ela.
e) Acolher o educando é o ponto básico para proceder atividades de avaliação, assim como para
proceder toda e qualquer prática educativa. Sem
acolhimento, temos a recusa. E a recusa significa a
impossibilidade de estabelecer um vínculo de trabalho educativo com quem está sendo recusado.

GABARITO

1D
2D
3D
4A
5B
6C
7D
8E
9D
10B

 

Sobre Luiz Carlos M.

Experiência profissionais: professor de Ensino Básico, Professor em Institutos, coordenador pedagógico, diretor escolar. Prestou vários concursos municipais, estaduais, federais e seleções de escolas públicas e privadas obtendo boas colocações. Contato WHATSAP (88) 94457345

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *