fbpx

MAIS DE 1450 ATIVIDADES

PARA BAIXAR! TODAS EM PDF. CLIQUE AQUI

CURSOS DIVERSOS

DE APERFEIÇOAMENTO

Simulado Concepções Curriculares: Baixe agora e responda questões de concurso!

Introdução

Apresentação

Preparamos um simulado exclusivo sobre concepções curriculares, visando auxiliar professores e profissionais da educação em sua jornada de preparação para concursos e seleções. Explore questões que abordam desde as teorias pedagógicas até a organização curricular, proporcionando uma imersão completa nos desafios contemporâneos do ensino.

BAIXAR SIMULADO EM PDF – CLIQUE AQUI

Simulado Concepções Curriculares

QUESTÃO 1

VUNESP | Dermeval Saviani, na obra Escola e Democracia, analisa, no movimento histórico, a Pedagogia Tradicional, a Pedagogia Nova e Pedagogia da Existência, quanto à relação da educação escolar com a sociedade para o acesso ao conhecimento, explicitando que esse acesso permaneceu desigual, assim como a sociedade que lhe corresponde. O autor entende que o processo educativo é a passagem da desigualdade à igualdade e propõe uma Pedagogia que articule o trabalho desenvolvido nas escolas com o processo de democratização da sociedade.

Sem referir-se a esse texto de Saviani, mas levando em consideração o mesmo contexto social e político de desigualdade, Miguel Arroyo (2013) avança em suas reflexões, articulando-as às apresentadas em suas obras anteriores, pondo foco, agora, no currículo escolar, no campo de trabalho dos professores e da escola com o conhecimento.

Arroyo (2013) discute o currículo como

a) território em disputa, revelado pelas tensões vividas: por docentes, para serem reconhecidos em sua condição de sujeitos e autores; por alunos, ao emergirem como sujeitos; por ambos, pelo acesso ao conhecimento e ao poder.
b) campo de trabalho com o conhecimento, o qual tem merecido investimentos no mundo todo, acompanhando a globalização do capitalismo e buscando, por meio de avaliações internacionais, o currículo único e ideal.
c) território disputado por especialistas da área educacional, os quais propõem reformas quase sempre conflitantes além de inadequadas ao enfrentamento dos problemas dos sistemas de ensino de nosso país.

d) área privilegiada para formação da força de trabalho nas modernas sociedades capitalistas de classes e que tem atraído atenção crescente de governantes nos países centrais, o que não acontece no Brasil.
e) núcleo central do trabalho educativo escolar e formador da cidadania, o qual precisa ficar a salvo de disputas ideológicas para que a identidade nacional e a própria segurança do país não sofram danos.

QUESTÃO 2

FGV | A respeito da construção de um currículo crítico-emancipatório e multicultural, analise as afirmativas a seguir.

I. Este currículo considera o estudante como um todo culturalmente construído e socialmente situado.
II. Este currículo rejeita o modelo tradicional, prescritivo e normativo, em favor de um objetivo explícito de libertação.
III. Este currículo define e transmite aos alunos quais as melhores identidades culturais presentes na sociedade.

Está correto o que se afirma em

a) I, apenas.
b) II, apenas.


c) II e III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I, II e III.

QUESTÃO 3

FGV | Segundo J. Sacristán, há uma etapa do processo educacional na qual o currículo adquire definitivamente sua significação e seu valor.

O autor se refere à

a) participação democrática na unidade escolar, em que a comunidade pode colaborar com o projeto pedagógico.
b) definição das políticas educacionais em âmbito nacional, momento em que se definem os objetivos e as intenções gerais.
c) seleção de conteúdos, quando se determina a quais conhecimentos terão ou não acesso os alunos.

d) implementação, quando todas as ideias ganham concretude e podem ser avaliadas pelos seus efeitos.
e) organização da estrutura, em que é definida a lógica da progressão dos alunos nos níveis e seus conteúdos.

QUESTÃO 4

COMPERVE (UFRN) | Uma das exigências das sociedades atuais à formação universitária é desenvolver um pensamento global, integrado, nos futuros profissionais, permitindo-os compreender e transformar a realidade por meio da atividade profissional, sob a perspectiva da complexidade sistêmica. Isso exige, entre outros aspectos, a organização dos conteúdos sob diferentes formas de relacionar os conhecimentos disciplinares.

No quadro abaixo, está descrita uma das formas possíveis de relacionar conhecimentos disciplinares na busca de um olhar mais integrado para os objetos do conhecimento.

Representa o máximo grau de relações entre disciplinas, de modo que chega a ser uma integração global dentro de um sistema totalizador. Esse sistema facilita uma unidade interpretativa que explique a realidade sem fragmentação.

A descrição apresentada no quadro se refere à

a) transdisciplinariedade.
b) multidisciplinariedade.
c) metadisciplinariedade.


d) interdisciplinariedade.

QUESTÃO 5

Os estudos acadêmicos que abordam as concepções curriculares apontam para a ideia de que o currículo é uma forma de reprodução das relações de poder na sociedade. Em relação às concepções curriculares e às relações de poder, assinale a alternativa INCORRETA.

a) A concepção humanista-liberal defende uma educação crítica e transformadora, visando à formação de cidadãos conscientes e engajados na transformação social.
b) A concepção tecnicista objetiva uma educação voltada para o desenvolvimento de habilidades e de competências para o mercado de trabalho.
c) A concepção crítico-reprodutivista tem como objetivo uma educação que busca a transformação social; no entanto, na prática, acaba por reproduzir as desigualdades sociais, pois a escola não é neutra e, por conseguinte, reflete as mesmas relações de poder da sociedade.
d) A concepção tradicional defende uma educação voltada para a transmissão de conteúdos considerados importantes para a formação do indivíduo.
e) As concepções curriculares não estão vinculadas às relações de poder, elas abordam a relação entre conteúdo e forma, portanto tratam de aspectos didáticos do processo de ensino.

QUESTÃO 6

Instituto AOCP | A pedagoga de uma escola pública na cidade de São Paulo, responsável por orientar o plano de trabalho docente, detectou que a maioria dos professores construía o seu planejamento de forma restrita, abordando somente os conteúdos específicos da disciplina que ministrava. Quando questionou os professores, percebeu que eles tinham dificuldade de compreender a importância da abordagem interdisciplinar. A respeito da organização do currículo e da interdisciplinaridade, assinale a alternativa correta.

a) A abordagem interdisciplinar propõe a integração dos conteúdos das diferentes disciplinas, promovendo uma visão mais ampla e conectada do conhecimento,
além de estimular a criatividade e o pensamento crítico dos alunos, podendo ser uma alternativa à organização disciplinar tradicional.
b) A organização disciplinar tradicional do currículo é a forma de garantir a aprendizagem dos conteúdos específicos de cada disciplina.
c) Uma organização interdisciplinar do currículo é limitada e impede a profundidade da aprendizagem dos conteúdos específicos de cada disciplina.
d) Uma abordagem interdisciplinar não é eficaz para promover a aprendizagem dos conteúdos específicos de cada disciplina.
e) A organização do currículo com base na interdisciplinaridade é exclusiva para escolas de ensino médio e superior.

QUESTÃO 7

Instituto AOCP | Analise o caso hipotético a seguir:

Uma instituição escolar de nível médio e técnico da Zona Leste do município de Timon, no estado do Maranhão, que contempla o universo de 200 alunos na educação técnica de nível médio, propôs a sua organização curricular com base no Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos do MEC, e a elaboração dos componentes curriculares se deu em meio às funções produtivas do mercado de trabalho da região. Dessa forma, a instituição primou por um currículo centrado em elementos como: relação teoria e prática, duração da formação, prática docente, infraestrutura e perfil profissional específico de cada eixo tecnológico que estivesse de acordo com as exigências do mercado de trabalho da região Norte e que mobilizasse um conjunto de recursos cognitivos e saberes.

Dessa maneira, a organização curricular proposta pela instituição está assentada em que tipo de currículo?

a) Currículo combinado.
b) Currículo multidisciplinar.
c) Currículo real.
d) Currículo simbólico.
e) Currículo por competências.

QUESTÃO 8

VUNESP | John Dewey é referência fundamental quando se pensa nas relações entre Democracia e Educação, que inclusive nomeia uma de suas mais importantes obras. Um dos conceitos trabalhados por ele é a experiência, que, para o autor,

a) significa uma vivência exterior, marcada pela relação do sujeito com o tempo-espaço a partir de suas sensações e observações.
b) um procedimento metodológico do empirismo, que, como corrente científica do século XVI, tem limitações.
c) resume uma sequência aleatória de tentativa e erro, que indica o desinteresse do sujeito na atividade quando não mobiliza o pensamento.
d) tem como característica central seu caráter episódico e isolado, que fomenta a autonomia do indivíduo em relação ao meio em que se insere.
e) articula elementos ativos e passivos, em que ao mesmo tempo há continuidade e mudança, que são significadas pelo sujeito.

QUESTÃO 9

VUNESP | Um estudo de 2015 constatou que o perfil do frequentador dos concertos da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP) é de alto grau de instrução (92% com superior completo) e elevada classe socioeconômica (54% de classe A e 41% de classe B). Diante do dado, por meio de uma interpretação baseada em Bourdieu (2005), é correto afirmar que sistemas de ensino

a) devem se concentrar apenas em ensinar habilidades práticas e relevantes para a vida cotidiana, sem se ocupar com uma cultura erudita, privilegiada e excludente.
b) tornam a cultura dominante acessível a todos que deles participam, o que realiza a partir da promoção igualitária assegurada pela educação de qualidade.
c) têm parte nessa concentração ao reproduzirem a valorização dos bens simbólicos das classes dominantes, reproduzindo também as estruturas das relações econômicas e de poder.
d) devem trabalhar a partir da cultura como conceito objetivo, com critérios claros e científicos para a eleição dos conteúdos elevados a serem promovidos.
e) desprezam a alta cultura como invenção da elite intelectual, sem valor ou relevância prática para a maioria das pessoas, inseridas em um contexto mais democrático de cultura de massas.

QUESTÃO 10

Marinha | Com base em Silva (2016), o campo de teorização e investigação conhecido como Estudos Culturais tem sua origem, em 1964, na Universidade de Birmingham, Inglaterra. Nesta via, complete as lacunas da afirmativa abaixo e, em seguida, assinale a opção correta.

“A partir dos Estudos Culturais, podemos ver o conhecimento e o currículo como campos culturais, como campos sujeitos à disputa e à interpretação, nos quais os diferentes grupos tentam estabelecer sua hegemonia. Nessa perspectiva, o currículo é um artefato cultural em pelo menos dois sentidos: 1) a “_________” do currículo é uma invenção social como qualquer outra; 2) o “_________” do currículo é uma construção social”.

a) conceituação / discurso
b) crítica / objeto
c) instituição / conteúdo
d) concepção / significado
e) análise / campo

GABARITO:

1) A – 2) D – 3) D – 4) A – 5) E
6) A – 7) E – 8) E – 9) C – 10) C

Assuntos Abordados no Simulado:

1. Pedagogia Tradicional, Pedagogia Nova e Pedagogia da Existência:

O simulado inicia abordando as distintas abordagens pedagógicas de Dermeval Saviani. A análise dessas pedagogias tradicionais e contemporâneas oferece insights sobre a relação entre educação escolar e sociedade, destacando a persistência das desigualdades e a proposta de uma pedagogia que vincula o trabalho escolar à democratização social.

2. Construção de um Currículo Crítico-emancipatório e Multicultural:

A segunda seção explora a construção de currículos que buscam a libertação e a valorização da diversidade cultural. O foco recai sobre a consideração do estudante como um ser culturalmente construído, rejeitando modelos prescritivos em favor da emancipação.

3. Etapas do Processo Educacional e Significação do Currículo segundo J. Sacristán:

J. Sacristán é referência na discussão sobre o significado e o valor do currículo no processo educacional. O simulado examina em qual etapa esse componente adquire sua significação definitiva, proporcionando insights sobre a dinâmica da educação.

4. Relacionamento Interdisciplinar e Formas de Integração Global:

A quarta parte aborda a transdisciplinaridade, multidisciplinaridade, metadisciplinaridade e interdisciplinaridade. Com foco na integração global, explora como diferentes formas de relacionar conhecimentos disciplinares contribuem para uma compreensão mais ampla e integrada do saber.

5. Concepções Curriculares e Relações de Poder na Sociedade:

A relação entre concepções curriculares e as estruturas de poder na sociedade é discutida, destacando como diferentes abordagens reproduzem ou desafiam as desigualdades sociais.

6. Importância da Abordagem Interdisciplinar na Organização do Currículo:

Essa seção destaca a relevância da abordagem interdisciplinar na organização curricular. Enfatiza a integração de conteúdos de diferentes disciplinas para promover uma visão mais holística do conhecimento.

7. Organização Curricular alinhada ao Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos do MEC:

Explora a organização curricular em uma instituição técnica, alinhada ao Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos do MEC, evidenciando como o currículo é estruturado para atender às demandas do mercado de trabalho.

8. Relações entre Democracia, Educação e a Perspectiva de John Dewey:

John Dewey é central na discussão sobre as relações entre democracia e educação. O simulado explora conceitos como experiência, destacando como Dewey vincula educação, democracia e a construção de significados.

9. Estudo sobre o Perfil dos Frequentadores de Concertos e sua Relação com a Educação:

Analisando um estudo sobre os frequentadores de concertos, essa seção examina como o acesso à cultura erudita está vinculado às estruturas de poder na sociedade, proporcionando uma reflexão sobre a democratização cultural.

10. Origens e Características dos Estudos Culturais no Campo Educacional:

A última parte volta-se para os Estudos Culturais, abordando suas origens em Birmingham e enfatizando como esse campo teórico percebe o conhecimento e o currículo como construções culturais sujeitas a disputas e interpretações.

Preparação Para Concursos: COMECE HOJE!

Milhares de Questões de Conhecimentos Pedagógicos

A página questoesconcursopedagogia.com.br/mais1200questoes oferece um valioso recurso para profissionais da educação que buscam se preparar de forma abrangente e eficaz para concursos e seleções. Este material reúne mais de 1200 questões criteriosamente selecionadas, abrangendo uma variedade de tópicos em Conhecimentos Pedagógicos. Cada questão foi elaborada com o objetivo de proporcionar uma preparação completa, abordando conceitos-chave, correntes pedagógicas e temas relevantes para os processos seletivos na área educacional.

Ao investir neste material, você terá acesso a um conteúdo aprofundado que visa aprimorar seu domínio nas disciplinas pedagógicas essenciais. Cada questão é uma oportunidade de fortalecer seus conhecimentos e se destacar nas avaliações.

Para uma preparação ainda mais robusta, sugerimos explorar o material com MILHARES DE QUESTÕES DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS disponível em MILHARES DE QUESTÕES DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS. Este recurso oferece uma ampla gama de questões criteriosamente elaboradas, proporcionando uma preparação sólida e abrangente. Não deixe de conferir e potencializar sua jornada de estudos para alcançar o sucesso em concursos na área da Educação!

Outros Materiais Para Concursos e Seleções

Diversifique e aprimore sua preparação para concursos e seleções explorando a variedade de materiais de estudo disponíveis em professorpreparado.com.br. Em nossa plataforma, oferecemos recursos especializados em diversas disciplinas, proporcionando uma abordagem abrangente para atender às diferentes demandas dos processos seletivos.

Confira abaixo a lista de materiais disponíveis:

Cada material foi cuidadosamente elaborado para proporcionar uma preparação sólida e eficaz. Explore agora mesmo e potencialize seus estudos em busca do sucesso nos concursos!

Cursos Para Provas de Títulos

Em concursos e seleções na área educacional, a pontuação na prova de títulos desempenha um papel crucial, e muitos editais exigem a comprovação de cursos realizados. É fundamental não deixar para a última hora, pois alguns editais estabelecem que os cursos precisam ser concluídos antes mesmo da publicação oficial. Antecipar-se a essa exigência é estratégico para garantir a validação dos títulos e potencializar sua pontuação.

Pensando nisso, o Professor Preparado oferece uma gama de cursos em Educação, desenvolvidos para atender às demandas dos concursos na área. Todos os cursos disponíveis em nossa plataforma garantem certificados válidos em todo o Brasil, proporcionando uma comprovação segura e eficaz de sua qualificação. Não deixe de explorar alguns dos cursos sugeridos abaixo:

Não apenas adquira conhecimento, mas também fortaleça sua pontuação na prova de títulos com cursos específicos e reconhecidos. Prepare-se de maneira abrangente e esteja à frente nos concursos da área educacional!

Canal no YouTube

Amplie ainda mais seus estudos e prepare-se de forma dinâmica com o nosso canal no YouTube! Lá, oferecemos uma extensa coleção de vídeos com simulados de conhecimentos pedagógicos, abordando temas essenciais para sua preparação em concursos e seleções na área educacional. Acesse o canal agora mesmo e inscreva-se para receber atualizações regulares, garantindo que você não perca nenhum conteúdo valioso. Reforce seus conhecimentos de maneira prática e interativa CLICANDO AQUI e esteja preparado para os desafios acadêmicos que estão por vir!

 

INSCRIÇÕES
Posts recentes