fbpx

MAIS DE 1450 ATIVIDADES

PARA BAIXAR! TODAS EM PDF. CLIQUE AQUI

CURSOS DIVERSOS

DE APERFEIÇOAMENTO

Simulado Conhecimentos Pedagógicos para Educadores

Introdução

Apresentação

Preparamos um simulado exclusivo de conhecimentos pedagógicos para professores e profissionais da educação que buscam se destacar em concursos e seleções. Este material aborda questões atuais e reflexivas, proporcionando uma preparação completa e eficaz. Baixe o simulado em PDF e mergulhe nos principais temas da área.

BAIXAR SIMULADO EM PDF – CLIQUE AQUI

Simulado Conhecimentos Pedagógicos para Educadores

QUESTÃO 1

IBADE | A escola no Brasil tem se constituído em um contexto histórico e cultural predominantemente excludente e meritocrático, o que gera a culpabilização de diferentes atores quando a questão são as dificuldades no processo de escolarização. Neste contexto, constantemente, crianças são estigmatizadas por não se desempenharem de acordo com os padrões curriculares propostos.

Numa pesquisa em que os sujeitos foram professores dos anos iniciais de uma rede municipal de ensino, os respondentes afirmam que o Serviço de Apoio Pedagógico – SAP serve como um auxílio no processo de aprendizagem e desenvolvimento do aluno, como um atendimento diferenciado para as crianças que apresentam dificuldades no processo de escolarização. No entanto, percebem-se algumas vozes dissonantes, que demonstram um olhar mais crítico dos docentes com relação ao processo de educação escolar relacionado ao apoio pedagógico em uma sala específica.

Assinale a alternativa que mostra a resposta com o olhar crítico em relação ao apoio pedagógico em uma sala específica.

a) […] se não for um depósito, a sala de apoio traz bons resultados. (P18)
b) […] para auxiliar o aluno em suas dificuldades de aprendizagem e ao professor de sala que não possui recursos e disponibilidades para atendê-lo
individualmente. (P02)

c) […] superar ou amenizar as dificuldades dos alunos que não conseguiram aprender em tempo real. (P40)
d) […] ajudar no trabalho do professor de sala, suprir o que não está sendo possível. (P13)
e) […] para melhor acompanhamento em sala e na vida escolar. (P04)

QUESTÃO 2

IBADE | A defesa da Educação pública, gratuita e laica ganhou força no país em 1932, com o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova. Seus 26 signatários – entre eles Lourenço Filho (1897-1970) e Anísio Teixeira (1900-1971) – combatiam a escola restrita à elite e ligada à religião. Os anseios se justificavam. Afinal, em 1920 o analfabetismo no Brasil atingia 80%.

Segundo a Profa. Maria Cristina Gomes Machado, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), “O principal mérito do manifesto foi trazer à tona o debate sobre a escola para toda a população independentemente da classe social”. Nesse mesmo ano, foi criado o Ministério da Educação e:

a) Cultura.
b) Esportes.
c) Meio Ambiente.
d) Administração.


e) Saúde Pública.

QUESTÃO 3

IBADE | As propostas de uma Educação mais democrática foram abandonadas com o início do regime militar, em 1964. Paulo Freire (1921-1997) foi exilado no Chile e a Escola Nova deixou de ser considerada para as políticas públicas. O novo governo manteve a preocupação com a industrialização crescente e o foco em formar um povo capaz de executar tarefas, mas não necessariamente de pensar sobre elas.

Também foram assinados acordos entre os governos brasileiro e norte-americano que vinham sendo discutidos há alguns anos e previam a vinda de técnicos para treinar professores.

Dermeval Saviani afirma que a meta do governo era a elaboração de um plano de Educação com a escola primária voltada para uma  atividade prática e, o 2o grau:

a) propedêutico que ensinasse os conceitos básicos para as disciplinas específicas.
b) compartimentado em cursos chamados de Científico, Normal e Clássico.
c) em horário integral que contava com aulas preparatórias para o vestibular.
d) generalista, com ênfase no 3o ano, que requeria a escolha de uma carreira.

e) técnico que preparasse o estudante para o mercado de trabalho.

QUESTÃO 4

VUNESP | Mazzota (2011) destaca pontos importantes da história da educação especial no Brasil. Apresenta que foi precisamente em 12 de setembro de 1854 que a primeira providência foi concretizada por Dom Pedro II, fundando

a) na Baixada Santista, em São Paulo, o Instituto de Meninas Cegas.
b) na cidade do Rio de Janeiro, o Imperial Instituto de Meninos Cegos.
c) no Rio de Janeiro, o Ines – Instituto Nacional de Educação de Surdos.
d) em São Paulo, o Instituto de Cegos Padre Chico.
e) na cidade de São Paulo, o Imperial Instituto dos Surdos-Mudos.

QUESTÃO 5

CPCON UEPB | A escola é uma instituição social com função própria e que perspectiva atender aos modelos/tipos de sociedades vigentes. Sobre a instituição social escola, analise as proposições a seguir e marque (V) para verdadeiro e (F) para falso.

( ) No Brasil, a escola laica existe desde 1730, com a reforma promovida pelo Marquês de Pombal.


( ) Adam Smith (1723-1790), teórico da educação, defendia a escola enquanto espaço promotor de cultura e de transformação social.
( ) O acesso à educação escolar enquanto direito público subjetivo no Brasil é garantido pelo art. 205 da Constituição Brasileira de 1988.
( ) O experimento das “escolas novas” teve início na Inglaterra, com Cecil Redie (1858-1932), em 1889, com a abertura de uma escola para rapazes dos 11 aos 18 anos. Segundo Redie, o ensino escolar deveria promover “um desenvolvimento harmonioso de todas as faculdades humanas”.
( ) No Brasil, as instituições de ensino são administrativamente classificadas como públicas, privadas e comunitárias.

Marque a alternativa que apresenta a sequência CORRETA de preenchimento dos parênteses.

a) F, V, V, V e F.
b) V, F, F, F e V.
c) V, V, F, V e V.
d) F, F, F, V e V.
e) V, V, V, F e F.

QUESTÃO 6

VUNESP | Segundo Kuenzer (in: Lombardi, Saviani, Sanfelice orgs., 2005), a fragmentação curricular, que divide o conhecimento em áreas e disciplinas trabalhadas como se fossem autônomas entre si, e, ainda, a dualidade estrutural, expressa pela existência de diferentes escolas voltadas para diferentes classes sociais são exemplos de trabalho pedagógico fragmentado, decorrente das demandas de disciplinamento do mundo do trabalho capitalista organizado e gerido segundo os princípios

a) do taylorismo/fordismo.
b) da polivalência.
c) do toyotismo.
d) da pedagogia das competência.
e) da politecnia.

QUESTÃO 7

VUNESP | De acordo com Anita Handfas, em artigo da Revista Linhas Críticas (2010), é correto afirmar que a escola capitalista e a produção capitalista geram um trabalhador

a) fragilizado, porque o sistema capitalista faz o homem perder a sua essência, na medida em que a intensificação da divisão social do trabalho fragmenta o processo de produção entre o trabalho manual e o trabalho intelectual.

b) qualificado, cabendo analisar as contradições decorrentes desse processo, de modo a apreender o tipo de qualificação, assim como definir as condições materiais e ideológicas que provocam esse tipo de qualificação, na escola e na produção.

c) cativo, tendo em vista que a libertação do homem e a sua desalienação frente ao trabalho só seriam possíveis mediante a superação das relações sociais capitalistas de produção.

d) eficiente, pois, em relação à educação escolar, a transmissão do acervo cultural e científico acumulado só se constituirá em uma unidade entre a teoria e a prática, no modelo de trabalho fragmentado adotado pela sociedade capitalista.

e) desqualificado, já que a contradição entre trabalho e educação na sociedade capitalista se manifesta pela alienação do homem de sua própria individualidade e pela perda do caráter emancipador do trabalho.

QUESTÃO 8

FGV | “O homem é a única criatura que precisa ser educada. Um animal é por seu próprio instinto tudo aquilo que pode ser, mas o homem tem necessidade de sua própria razão e autonomia. O homem não pode se tornar um verdadeiro homem senão pela educação. Ele é aquilo que a educação dele faz.”

Adaptado de KANT, I. Sobre a Pedagogia. Piracicaba: Editora Unimep, 1999.

Segundo o texto citado, é correto afirmar que:

a) a formação humana deve se guiar pela naturalidade;
b) o humano tem a educação como requisito básico;
c) a essência humana está em conflito com a racionalidade;
d) o humano nasce pronto e é suplementado pela educação;
e) a educação humana é como a domesticação do animal.

QUESTÃO 9

VUNESP | Buscando compreender como ocorre o poder nas organizações, Leandro leu o artigo de Marlene Guirado que, no capítulo 4 da obra organizada por Aquino (1996), apresenta as ideias de Foucault sobre o conceito de poder. Logo no início do texto, a autora indaga: “Que poder é esse de Foucault? O que há de tão revolucionário nele?”. E, a seguir, responde: “Para começar, segundo nosso autor, poder é verbo, é ação. É relação de forças. Isso significa que poder não é uma coisa, um algo a mais que alguém tem, ou que algum grupo tenha, em detrimento de outro. Poder é relação de forças, isto é, uma dimensão

a) característica da democracia.”
b) constitutiva de qualquer relação social ou discursiva.”
c) relacionada às forças em disputa por uma determinada realidade.”
d) capaz de alterar, em favor de alguém, uma dada situação em disputa.”
e) das forças políticas que lutam para manutenção de uma específica estrutura.”

QUESTÃO 10

VUNESP | Ao abordar a relação entre sociedade e educação, Luckesi (2002) destaca três tendências filosófico-políticas para compreender a educação, as quais se constituíram ao longo da prática educacional

A primeira tendência é a redentora, que compreende a educação como a responsável pela direção da sociedade e da vida social, salvando-a da situação em que se encontra. A segunda tendência vê a educação como reprodutora da sociedade. E, a terceira tendência é a que tem por perspectiva compreender a educação como mediação de um projeto social, isto é, a educação como transformadora da sociedade.

A relação entre sociedade, educação e escola também é objeto de reflexão de Rios (2011), que destaca a relevância da cultura, como elemento estruturante da sociedade. Segundo Rios, “há uma interferência recíproca que atravessa todas as instituições que constituem o social” e pode-se “verificar que a escola tem uma função contraditória – ao mesmo tempo em que é fator de manutenção, ela transforma a cultura”. Para Rios, “a escola é parte da sociedade e tem com o todo uma relação

a) inflexível”.
b) dialética”.
c) sistêmica”.
d) autocrática”.
e) democrática”.

GABARITO:

1) A; 2) E; 3) E; 4) B; 5) D; 6) A; 7) B; 8) B; 9) B; 10) B.

Assuntos Abordados no Simulado:

Percepções dos Professores sobre o Apoio Pedagógico

No contexto educacional brasileiro, o Serviço de Apoio Pedagógico (SAP) tem sido um instrumento essencial para lidar com as dificuldades no processo de escolarização. No entanto, a visão crítica de alguns professores revela nuances importantes sobre a eficácia desse suporte, trazendo à tona reflexões sobre a verdadeira contribuição do SAP no desenvolvimento dos alunos.

Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova e o Ministério da Educação

Em 1932, o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova foi um marco na defesa de uma educação pública, gratuita e laica para toda a população. Esse movimento culminou na criação do Ministério da Educação, sinalizando uma mudança significativa no paradigma educacional brasileiro. O entendimento desses eventos é crucial para compreender a evolução do sistema educacional no país.

Transformações na Educação durante o Regime Militar

O período do regime militar no Brasil trouxe mudanças substanciais na abordagem da Educação. A ênfase na formação de mão de obra para atender às demandas industriais contrastou com as propostas democráticas anteriores. A compreensão desse contexto é fundamental para analisar o impacto duradouro dessas transformações no sistema educacional brasileiro.

Marcos Históricos da Educação Especial no Brasil

O reconhecimento da importância da Educação Especial remonta a 1854, quando Dom Pedro II fundou o primeiro instituto para deficientes visuais. Esses marcos históricos delinearam a trajetória da Educação Especial no Brasil, refletindo os esforços para garantir a inclusão e a igualdade de oportunidades na educação.

Análise da Escola como Instituição Social

A escola, enquanto instituição social, desempenha um papel crucial na modelagem da sociedade. Compreender sua dinâmica e sua capacidade transformadora e, ao mesmo tempo, mantenedora da cultura é essencial para discutir o papel da educação na construção de uma sociedade mais justa e equitativa.

Fragmentação Curricular e Dualidade Estrutural na Educação

A fragmentação curricular, caracterizada pela divisão autônoma do conhecimento, e a dualidade estrutural, que cria escolas diferenciadas para distintas classes sociais, refletem desafios na abordagem pedagógica. Esses fenômenos estão intrinsecamente ligados às demandas do mundo do trabalho capitalista, sendo cruciais para entender as complexidades da educação contemporânea.

Relações de Poder nas Organizações Educacionais

A compreensão das relações de poder nas organizações educacionais, conforme proposto por Foucault, é fundamental para analisar como as dinâmicas sociais e discursivas influenciam a tomada de decisões e a estrutura do ambiente educacional. Essa perspectiva contribui para uma abordagem mais crítica e reflexiva sobre as práticas institucionais.

A Visão de Kant sobre a Educação Humana

Imerso na filosofia, Kant destaca a educação como a ferramenta fundamental para a formação humana. Sua visão enfatiza a importância da razão e autonomia, argumentando que o homem se torna verdadeiramente humano por meio da educação. Essa abordagem ressalta a necessidade de cultivar o intelecto e a autonomia na jornada educacional.

Conceito de Poder segundo Foucault

Foucault redefine o poder como uma ação, uma relação de forças, indo além da concepção tradicional. Sua visão revolucionária destaca o poder como uma dimensão constitutiva das relações sociais e discursivas, proporcionando uma perspectiva única para analisar as estruturas sociais e os mecanismos de controle presentes na educação e na sociedade.

Tendências Filosófico-Políticas na Relação entre Sociedade e Educação

Luckesi apresenta três tendências filosófico-políticas que moldaram a compreensão da educação em relação à sociedade. A redentora, a reprodutora e a transformadora oferecem diferentes perspectivas sobre o papel da educação na dinâmica social. Essa análise permite uma reflexão profunda sobre como a educação pode ser um agente de mudança e transformação na sociedade.

Preparação Para Concursos: COMECE HOJE!

Milhares de Questões de Conhecimentos Pedagógicos

Se você está se preparando para concursos e seleções na área da educação, nosso material é essencial para potencializar seus estudos. Com mais de 1200 questões de conhecimentos pedagógicos, oferecemos um conteúdo abrangente e direcionado para o sucesso nas avaliações.

O que você encontrará em nosso material:

  • Variedade de Assuntos: Explore uma ampla gama de tópicos essenciais em conhecimentos pedagógicos, abordando desde a história da educação até as tendências contemporâneas.
  • Formato Interativo: As questões são apresentadas de forma interativa, simulando o ambiente real das provas, proporcionando uma experiência de estudo dinâmica.
  • Resoluções Detalhadas: Cada questão vem acompanhada de resoluções detalhadas, oferecendo insights valiosos e auxiliando na compreensão dos conceitos.

Por que escolher nosso material:

  • Estratégia de Estudo Eficiente: Organize sua preparação de forma eficiente, focando nos assuntos mais relevantes e aprimorando suas habilidades.
  • Adaptação ao Formato das Provas: Acostume-se com o formato das questões presentes nos concursos, aumentando sua confiança para o dia da avaliação.
  • Flexibilidade de Estudo: Acesse o material a qualquer hora e lugar, otimizando seu tempo de estudo conforme sua rotina.

Não perca tempo! Adquira agora nosso material exclusivo e impulsione sua preparação para conquistar a vaga desejada na área da educação. Milhares de questões de conhecimentos pedagógicos estão à sua disposição para garantir seu sucesso nos concursos!

Outros Materiais Para Concursos e Seleções

Na página de materiais, oferecemos uma variedade de recursos de estudo para diferentes áreas, preparados especialmente para ajudar você a alcançar o sucesso nos concursos e seleções. Confira nossa lista de materiais exclusivos:

  1. Conhecimentos Pedagógicos – Preparatório
    • Milhares de questões e conteúdos abrangentes para sua preparação em conhecimentos pedagógicos.
  2. Educação Física – Concursos e Seleções
    • Material específico para quem busca uma vaga na área de Educação Física.
  3. História – Concursos e Seleções
    • Conteúdos e questões para fortalecer sua preparação em História.
  4. Geografia – Concursos e Seleções
    • Estude Geografia de maneira eficaz com nosso material especializado.
  5. Artes – Concursos e Seleções
    • Recursos exclusivos para quem almeja uma vaga na área de Artes.
  6. Língua Portuguesa – Concursos e Seleções
    • Aprimore seus conhecimentos em Língua Portuguesa com nosso preparatório.
  7. Filosofia – Concursos e Seleções
    • Material completo para sua preparação em Filosofia.
  8. Pacote de Atividades
    • Um conjunto de atividades diversificadas para consolidar seu aprendizado.

Não perca a oportunidade de potencializar seus estudos! Explore nossos materiais e conquiste sua aprovação. Clique nos links para saber mais sobre cada um deles.

Cursos Para Provas de Títulos

Em muitos concursos e seleções, a pontuação obtida por meio de provas de títulos é um diferencial significativo. Não deixe para a última hora a realização de cursos, pois alguns editais requerem que essas atividades sejam concluídas antes mesmo da publicação oficial. Planejamento é essencial!

Pensando nisso, oferecemos uma seleção de cursos em educação na nossa página que podem enriquecer seu currículo, garantindo certificações válidas em todo o Brasil. Aproveite para adquirir conhecimentos relevantes que não apenas somarão pontos em seu concurso, mas também contribuirão para o aprimoramento profissional.

Sugestões de Cursos:

  1. Metodologias Ativas da Aprendizagem – 140 Horas
  2. Curso Educação Inclusiva – 100 Horas
  3. Tecnologias Digitais Na Educação – 180 Horas
  4. Práticas em sala de aula na Educação Infantil – 120 Horas
  5. Curso Alfabetização e Letramento na Educação Infantil – 100 Horas

Não perca a oportunidade de destacar-se com cursos de qualidade e relevância! Invista em sua formação e esteja preparado para conquistar sua tão sonhada vaga. Clique nos links para obter mais informações sobre cada curso.

Canal no YouTube

Quer aprimorar seus estudos de conhecimentos pedagógicos de forma dinâmica e interativa? Não deixe de conferir o nosso canal no YouTube. Lá, você encontrará uma variedade de vídeos com simulados, dicas valiosas e orientações para potencializar sua preparação.

Clique para ACESSAR O CANAL e inscreva-se para não perder nenhum conteúdo novo! Estamos comprometidos em fornecer recursos educacionais de qualidade para impulsionar o seu sucesso nos concursos e seleções.

Aproveite essa oportunidade para enriquecer ainda mais o seu conhecimento e se preparar de maneira eficiente. Seja bem-vindo ao nosso canal!

 

INSCRIÇÕES
Posts recentes