fbpx

MAIS DE 1450 ATIVIDADES

PARA BAIXAR! TODAS EM PDF. CLIQUE AQUI

CURSOS DIVERSOS

DE APERFEIÇOAMENTO

Simulado Educação Inclusiva Gratuito em PDF

Apresentação

Seja bem-vindo(a) ao simulado de conhecimentos pedagógicos, especialmente elaborado para professores e profissionais da educação que estão se preparando para concursos e seleções. Este simulado aborda questões cruciais relacionadas à Educação Inclusiva, um tema cada vez mais relevante no contexto educacional. A prática inclusiva busca garantir que todos os alunos, independentemente de suas diferenças, tenham acesso a uma educação de qualidade. Vamos explorar as questões e aprofundar nossos conhecimentos nesse importante aspecto da pedagogia.

BAIXAR SIMULADO EM PDF – CLIQUE AQUI

Simulado Educação Inclusiva

QUESTÃO 1

COMPERVE (UFRN) | Uma professora de um curso de graduação da UFRN foi informada de que, em uma de suas turmas, estão matriculados dois estudantes cegos. No campo da educação, para lidar com essa deficiência, é imprescindível a adoção de algumas adaptações curriculares específicas, proporcionando ao estudante condições para o desenvolvimento de suas atividades de aprendizagem. Pensando em como fazer isso, a professora encontrou, na Internet, algumas recomendações relacionadas às orientações didáticas, presentes nos itens abaixo, como ponto de partida para uma reflexão crítica do que pretende fazer.

I. Disponibilizar orientador acadêmico que possa auxiliar o estudante cego na organização de suas atividades acadêmicas, em uma carga horária condizente com as suas limitações, sem prejuízo à aprendizagem.
II. Disponibilizar ao estudante cego uma carteira, preferentemente de um braço e espaçosa o suficiente para acomodar os recursos auxiliares à execução de suas atividades acadêmicas.
III. Uma vez finalizada a aula, disponibilizar, para o estudante, notas, slides, resumos ou fichamentos em formato digital (doc., txt.) com o conteúdo abordado.
IV. Quando utilizar uma bibliografia de referência, o professor deve disponibilizar os textos ao Laboratório de Acessibilidade no início de cada semestre, a fim de que sejam digitalizados em tempo hábil, para o benefício do estudante.
Das recomendações encontradas na internet pela professora, para as atividades de ensino e aprendizagem na sala de aula com estudantes cegos, estão corretas as dos itens

a) I e IV.
b) I e II.
c) II e III.
d) III e IV.

QUESTÃO 2

Instituto AOCP | Desde a Conferência de Salamanca em 1994, as políticas educacionais para realizar o atendimento educacional especializado na Educação Básica ressalta que todas as crianças devem aprender juntas, postulando que todas as instituições deveriam se organizar pedagógica e administrativamente para receber todas as crianças em idade escolar, indistintamente. Em relação às diretrizes operacionais para o atendimento educacional especializado, assinale a alternativa INCORRETA.

a) A escola deve promover ações no currículo de maneira a variar conteúdos que possam garantir a aprendizagem segura dos demais conteúdos disciplinares.
b) Os alunos superdotados deverão ter suas atividades curriculares enriquecidas, sendo desenvolvidas no ensino regular.
c) Os alunos matriculados no ensino regular serão contabilizados duplamente no financiamento da educação pública.
d) O atendimento educacional especializado, modalidade Educação Especial, prioritariamente, deve ser realizado na sala de recursos multifuncionais.


e) As escolas devem institucionalizar o atendimento educacional especializado a partir de um plano que identifique as necessidades educacionais específicas dos alunos.

QUESTÃO 3

VUNESP | Uma escola paulista está engajada na construção conjunta de seu projeto político-pedagógico. Para tanto, tem realizado reuniões com uma comunidade bastante ampliada, em que, além de pais, professores e outros educadores, estão também lideranças locais, agentes do Conselho Tutelar e da Defensoria Pública. No momento, estão empenhados em estabelecer como avaliarão a qualidade da educação ali realizada. O Defensor Público propôs a seguinte questão: a escola cuida para que todos os alunos (negros, brancos, indígenas, pessoas com deficiência, ricos ou pobres, homens ou mulheres, homossexuais ou não) recebam a mesma atenção na sala de aula? Se a equipe utilizar como referência os Indicadores da Qualidade na Educação (Ação Educativa, Unicef, PNUD, Inep-MEC, 2004), essa pergunta deve ser

a) desconsiderada, pois não se encaixa em nenhum dos indicadores.
b) inserida na dimensão Prática Pedagógica, como indicador de Prática Pedagógica Inclusiva.
c) inserida na dimensão Avaliação, como indicador de Mecanismos de avaliação dos alunos.
d) inserida na dimensão Gestão Escolar Democrática, como indicador de Informação democratizada.
e) inserida de na dimensão Unidade Escolar, que abarca indicadores flexíveis de importância local.

QUESTÃO 4

VUNESP | A escola tem poderes para diferenciar e para identificar os alunos, submetendo-os a mecanismos de inclusão e de exclusão educacional. Conforme Mantoan (2013), em uma pedagogia da diferença,

a) os objetivos educacionais para alunos com deficiência intelectual, com surdez ou com problemas de linguagem são reduzidos, seguindo uma programação à parte e permitindo um acompanhamento individualizado.
b) as escolas elaboram avaliações educacionais e psicológicas e oferecem terminalidade específica para certificação escolar dos alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem ou atraso em seu desenvolvimento.
c) os conteúdos escolares disponibilizados para todos, a partir de atividades diversificadas e de livre escolha, oferecem aos professores indícios sobre as capacidades dos alunos e sobre o que desejam conhecer.
d) as atividades escolares são ajustadas pelos educadores e ficam mais fáceis para os educandos com deficiência, o que se torna um estímulo para estes, pois, ao realizarem tais atividades com sucesso, sentem-se mais motivados.
e) os currículos são adaptados e contemplam conteúdos customizados, de modo que os estudantes com deficiência ou com problemas de aprendizagem possam concluir seus estudos sem atrasos e sem obstáculos.

QUESTÃO 5

AVANÇASP | Leia o trecho a seguir.

O movimento mundial pela educação inclusiva é uma ação política, cultural, social e pedagógica, desencadeada em defesa do direito de todos os estudantes de estarem juntos, aprendendo e participando, sem nenhum tipo de discriminação. A educação inclusiva constitui um paradigma educacional fundamentado na concepção de direitos humanos, que conjuga igualdade e diferença como valores indissociáveis, e que avança em relação à ideia de eqüidade formal ao contextualizar as circunstâncias históricas da produção da exclusão dentro e fora da escola.

Fonte: BRASIL. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16690-politica-nacional-de-educacao-especial-na-perspectiva-da-educacao-inclusiva-05122014&Itemid=30192

Sobre a educação na perspectiva inclusiva, é INCORRETO afirmar que:

a) A educação especial direciona suas ações para o atendimento às especificidades dos estudantes no processo educacional e, no âmbito de uma atuação mais ampla na escola, orienta a organização de redes de apoio, a formação continuada, a identificação de recursos, serviços e o desenvolvimento de práticas colaborativas.


b) As atividades desenvolvidas no atendimento educacional especializado diferenciam-se daquelas realizadas na sala de aula comum, sendo substitutivas à escolarização. Esse atendimento visa a formação dos estudantes com vistas à autonomia e independência na escola e fora dela.
c) Na modalidade de educação de jovens e adultos e educação profissional, as ações da educação especial possibilitam a ampliação de oportunidades de escolarização, formação para ingresso no mundo do trabalho e efetiva participação social.
d) Na perspectiva da educação inclusiva, a educação especial passa a integrar a proposta pedagógica da escola regular, promovendo o atendimento aos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação.
e) O atendimento educacional especializado tem como função identificar, elaborar e organizar recursos pedagógicos e de acessibilidade que eliminem as barreiras para a plena participação dos estudantes, considerando suas necessidades específicas.

QUESTÃO 6

FCM – CEFETMINAS | No âmbito educacional os espaços devem conter ambientes inclusivos, com ações de reconhecimento e de valorização das diferenças humanas, dotados de plenas condições de acesso, para que as atividades e a participação dos alunos com deficiência se concretizem com sucesso.
Associe as colunas relacionando corretamente o conceito do paradigma inclusivo à sua definição.

CONCEITOS

1 – Acessibilidade espacial
2 – Deslocamento
3 – Barreira
4 – Comunicação alternativa

DEFINIÇÕES

(   ) Significa ser possível que qualquer pessoa possa deslocar- se, movimentar-se, situar-se, orientar-se no espaço e com facilidade e sem impedimentos, com igualdade e independência na medida de suas possibilidades.
(   ) Condições dadas pela possibilidade de qualquer pessoa poder movimentar-se ao longo de percursos horizontais (corredores) e verticais (escadas, rampas, elevadores), em ambientes internos (salas, sanitários) e externos (pátios, jardim), livres de barreiras físicas, de forma independente, segura e confortável.
(   ) Pode ser elemento natural ou construído e é como qualquer entrave ou obstáculo que limite ou impeça o acesso, a liberdade de movimento, a circulação com segurança e a possibilidade de as pessoas se comunicarem ou terem acesso à informação.
(   ) Conjunto de procedimentos técnicos e metodológicos direcionados a pessoas acometi das por alguma doença, deficiência, ou em alguma outra situação momentânea que impede a comunicação com as demais pessoas por meio dos recursos usualmente utilizados, mais especificamente a fala.

A sequência correta dessa associação é

a) 1, 3, 4, 2.
b) 1, 2, 3, 4.
c) 2, 4, 3, 1.
d) 2, 1, 3, 4.

QUESTÃO 7

FCM – CEFETMINAS | Sobre o processo de inclusão escolar, avalie o que se afirma.

I – A inclusão escolar é um movimento mundial que implica uma profunda transformação nas escolas, uma vez que envolve o rompimento de atitudes de discriminação e de preconceito, de práticas de ensino que não levam em consideração as diferenças e de barreiras de acesso, permanência e participação dos alunos com deficiência nos ambientes escolares.
II – A inclusão escolar é uma inserção condicional que defende as pessoas com deficiência, visando mudanças prioritariamente para essas pessoas, sendo necessárias concessões do sistema; busca qualidade nas estruturas que atendem as pessoas com deficiência consideradas aptas para auxiliá-las a continuar se desenvolvendo.
III – A inclusão escolar deve englobar todos os indivíduos, independentemente de sua condição, pois, segundo a Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação, todos têm o direito de aprender e se desenvolver em qualquer escola, a qual deve respeitar as diferenças, limites e facilidades de cada estudante.

Está correto apenas o que se afirma em

a) I.
b) II.
c) I e III.
d) II e III.

QUESTÃO 8

FCM – CEFETMINAS | De acordo com os aspectos importantes dos transtornos globais do desenvolvimento para a educação escolar, avalie o que se afirma sobre a função executiva.

I – Compreende o conjunto de condutas de pensamento que permite a utilização de estratégias adequadas para se alcançar um objetivo.
II – É a capacidade de atribuir estados mentais a outras pessoas e predizer o seu comportamento em função dessas atribuições.
III – É um conjunto de funções responsáveis por iniciar e desenvolver uma atividade com um objetivo final determinado.
IV – É essencial para o ser humano, uma vez que permite a teorização do estado mental das outras pessoas, o que sentem, o que pensam, quais as suas intenções e como poderão agir.

Está correto apenas o que se afirma em

a) I.
b) II.
c) I e III.
d) II e IV.

QUESTÃO 9

FCM – CEFETMINAS | Sobre o profissional de apoio na inclusão escolar, segundo a Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva, de 2008, é incorreto afirmar que

a) é responsável pela formação e pelo aprendizado do aluno com deficiência, planejando, adequando práticas pedagógicas de acordo com as especificidades dos educandos e executando atividades.
b) a sua parceria com a escola favorece o estabelecimento de metas realistas no que se refere ao desenvolvimento da criança, como também possibilita avaliá-la de acordo com suas próprias conquistas.
c) precisa trabalhar sempre em parceria com a escola e o professor regente, para que suas funções fiquem bem delimitadas e que um possa auxiliar o outro quando preciso, sempre em busca de atender as especificidades do educando.
d) é um profissional que presta atendimento educacional ao aluno que necessita de auxílio e mediação em tempo integral e irá auxiliar o professor regente e a equipe técnico-pedagógica da escola no trabalho com esses alunos.

QUESTÃO 10

FCM – CEFETMINAS | Historicamente as concepções desenvolvidas sobre a educação de pessoas com surdez se fundamentaram em três abordagens diferentes.
Avalie o que se afirma sobre essas abordagens educacionais.

I – O oralismo visa a capacitação da pessoa com surdez para a utilização da língua da comunidade ouvinte na modalidade oral e apresenta como única possibilidade linguística o uso da voz e da leitura labial, tanto na vida social como na escola.
II – O bilinguismo se propõe a capacitar a pessoa com surdez para a utilização de duas línguas no cotidiano escolar e na vida social: a língua de sinais e a língua da comunidade ouvinte.
III – A comunicação total considera a pessoa com surdez de forma natural, aceitando suas características e prescrevendo o uso de todo e qualquer recurso possível para a comunicação, com vistas a potencializar as interações sociais e a considerar as áreas cognitivas, linguísticas e afetivas dos alunos.
IV – O bimodalismo se volta para a liberdade do aluno se expressar em uma ou em outra língua e de participar de um ambiente escolar que desafie seu pensamento e exercite sua capacidade perceptivocognitiva e suas habilidades para atuar e interagir com o mundo social.
Está correto apenas o que se afirma em

a) I e II.
b) III e IV.
c) I, II, III.
d) II, III e IV.

GABARITO:

1) A – 2) A – 3) B – 4) C – 5) B
6) B – 7) C – 8) C – 9) A – 10) C

Assuntos Abordados no Simulado:

1. Adaptações curriculares para estudantes cegos:

Em ambientes educacionais, a inclusão de estudantes cegos requer adaptações específicas. Isso envolve proporcionar suporte individualizado, como a disponibilização de um orientador acadêmico para auxiliar na organização das atividades e garantir que o estudante cego tenha acesso às informações essenciais, como notas e materiais, em formato digital. Além disso, a configuração física da sala de aula também deve ser considerada, oferecendo espaço adequado e recursos que facilitem a execução das atividades acadêmicas.

2. Políticas educacionais e atendimento educacional especializado:

Desde a Conferência de Salamanca em 1994, as políticas educacionais enfatizam a importância do atendimento educacional especializado na Educação Básica. Essas políticas buscam garantir que todas as crianças, independentemente de suas diferenças, sejam incluídas no ambiente escolar regular. Isso inclui ações como enriquecimento curricular para alunos superdotados, contabilização adequada no financiamento da educação pública e priorização do atendimento educacional especializado na sala de recursos multifuncionais.

3. Avaliação da qualidade da educação e inclusão:

A avaliação da qualidade da educação deve considerar a inclusão de todos os alunos, independentemente de raça, gênero, deficiência ou qualquer outra característica. Utilizando os Indicadores da Qualidade na Educação, a equipe escolar deve assegurar que todos os alunos recebam a mesma atenção na sala de aula. Esta avaliação é fundamental para garantir a prática pedagógica inclusiva e a gestão escolar democrática, promovendo a equidade e a igualdade de oportunidades.

4. Pedagogia da diferença e práticas inclusivas:

A pedagogia da diferença busca superar a exclusão educacional, adaptando as práticas pedagógicas de acordo com as necessidades individuais dos alunos. Isso implica em ajustar as atividades escolares, tornando-as mais acessíveis e motivadoras para os estudantes com deficiência ou dificuldades de aprendizagem. Diferentemente de abordagens segregacionistas, a pedagogia da diferença propõe currículos adaptados, considerando as capacidades e preferências dos alunos.

5. Educação Inclusiva na perspectiva global:

A educação inclusiva é um movimento global em defesa do direito de todos os estudantes de estarem juntos, aprendendo e participando sem discriminação. Fundamentada nos princípios de direitos humanos, busca integrar a educação especial na proposta pedagógica da escola regular, garantindo o acesso, participação e aprendizado de estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação.

6. Ambientes inclusivos e conceitos relacionados (acessibilidade, barreiras, comunicação alternativa):

A criação de ambientes inclusivos requer atenção a conceitos como acessibilidade espacial, deslocamento, barreiras e comunicação alternativa. Acessibilidade espacial envolve garantir que todos os espaços sejam acessíveis, eliminando barreiras físicas. O deslocamento refere-se à capacidade de movimentar-se com igualdade e independência. Barreiras, sejam físicas ou comunicacionais, limitam ou impedem o acesso, a liberdade de movimento e a comunicação. A comunicação alternativa envolve recursos para permitir a comunicação de pessoas com deficiência.

7. Processo de inclusão escolar e suas transformações:

A inclusão escolar é um movimento global que visa transformar as escolas, superando discriminações, práticas de ensino excludentes e barreiras de acesso. Essa transformação implica na aceitação e valorização das diferenças, promovendo um ambiente educacional mais justo e equitativo.

8. Função executiva e transtornos globais do desenvolvimento:

A função executiva refere-se ao conjunto de condutas de pensamento que permite a utilização de estratégias adequadas para alcançar objetivos. Em contextos educacionais, compreender a função executiva é essencial ao lidar com alunos com transtornos globais do desenvolvimento, pois essa compreensão ajuda a adaptar as estratégias de ensino para atender às necessidades específicas desses estudantes.

9. Papel do profissional de apoio na inclusão escolar:

O profissional de apoio desempenha um papel crucial na inclusão escolar, sendo responsável pela adaptação e planejamento de práticas pedagógicas de acordo com as necessidades dos alunos com deficiência. Trabalhando em parceria com a escola e os professores, esse profissional contribui para o desenvolvimento e avaliação do aluno, garantindo sua participação plena e individualizada.

10. Abordagens educacionais para pessoas com surdez:

Historicamente, as abordagens educacionais para pessoas com surdez incluem o oralismo, bilinguismo, comunicação total e bimodalismo. Cada abordagem apresenta perspectivas diferentes sobre o uso de línguas, comunicação e participação social. Essas abordagens buscam atender às necessidades específicas de alunos com surdez, reconhecendo a diversidade linguística e promovendo a inclusão efetiva em ambientes educacionais.

Preparação Para Concursos: COMECE HOJE!

Milhares de Questões de Conhecimentos Pedagógicos

O site questoesconcursopedagogia.com.br/mais1200questoes oferece uma extensa coleção de mais de 1200 questões de conhecimentos pedagógicos, abrangendo diversos temas relevantes para concursos na área da educação. O material é uma ferramenta valiosa para professores e profissionais que desejam aprimorar seus estudos, proporcionando uma ampla revisão de conteúdos fundamentais.

Se você está em busca de um recurso abrangente com MILHARES DE QUESTÕES DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS, recomendamos acessar o link go.hotmart.com/B46829098I?src=QCPEDBLOG. Este material abrangente oferece uma oportunidade única para intensificar sua preparação, cobrindo uma variedade de tópicos essenciais para concursos e seleções na área educacional. Não perca a chance de aprimorar seus conhecimentos e se destacar nas suas futuras avaliações!

Outros Materiais Para Concursos e Seleções

Explore uma variedade de materiais de estudo em diferentes áreas no site professorpreparado.com.br/mais-materiais. Não deixe de conferir nossos preparatórios para concursos e seleções, incluindo:

Diversifique seus estudos e esteja preparado para os desafios que encontrar pela frente. Acesse agora mesmo e potencialize sua trajetória acadêmica!

Cursos Para Provas de Títulos

Destacar-se em concursos e seleções requer atenção especial aos requisitos das provas de títulos, que frequentemente exigem a comprovação de cursos realizados. É crucial evitar deixar essa etapa para a última hora, especialmente porque alguns editais solicitam que os cursos sejam concluídos antes da publicação oficial.

Pensando nisso, oferecemos uma ampla gama de cursos em educação na página Professor Preparado. Todos os cursos concedem certificados válidos em todo o Brasil, agregando valor ao seu currículo. Entre as sugestões de cursos, destacam-se:

Invista em sua formação e esteja preparado para se destacar no competitivo cenário educacional!

Canal no YouTube

Explore também nosso canal no YouTube, repleto de vídeos de simulados de conhecimentos pedagógicos! Reforce seus estudos e esteja preparado para concursos e seleções. Acesse o canal em Questões Concursos Pedagogia e inscreva-se para ficar por dentro de todo o conteúdo educativo disponível. Potencialize sua preparação e alcance o sucesso profissional!

 

INSCRIÇÕES
Posts recentes